Empossadas nova Corregedora Geral e Defensora Pública Substituta

IMG_6279Foram empossadas no final da tarde do dia 2, a nova corregedora geral da Defensoria Pública do Estado de Sergipe, Andreza Tavares Almeida Rolim e a defensora pública substituta, Talita Lima de Azevedo. A solenidade, que aconteceu no Auditório da Central de Atendimento Defensora Diva Costa Lima, contou com a presença de autoridades, familiares, defensores públicos e servidores.

Andreza Tavares – que ocupava o cargo de defensora pública assistente da Corregedoria e atualmente coordena o Núcleo da Criança e do Adolescente – sucede a defensora pública Isabelle Silva Peixoto, que esteve à frente da Corregedoria Geral durante quatro anos, com uma recondução ao cargo.

Escolhida por unanimidade pelos membros do Conselho Superior, a corregedora geral disse que fará uma administração pautada na qualidade dos serviços prestados pela instituição.  “Será um grande desafio em minha vida, mas tudo farei por amor à minha instituição. Tenho ciência da responsabilidade que é inerente ao cargo, por isso, afirmo meu compromisso de zelar pela melhoria da qualidade, efetividade e quantidade dos serviços prestados pela Defensoria, agindo com ética, firmeza e equilíbrio”, pontuou Andreza Tavares.

A nova corregedora afirmou que dará continuidade ao trabalho desenvolvido pela defensora pública, Isabelle Peixoto. “Buscarei dar continuidade aos projetos firmados na gestão da Dra Isabelle, como também darei início a novos projetos com a colaboração de todos e visando o fortalecimento da nossa instituição”, garantiu Andreza Tavares.

Em seu discurso de despedida, Isabelle Peixoto destacou algumas ações da Corregedoria. “Foram quatro anos de dedicação e verdadeira devoção à Corregedoria. A estrutura física da Defensoria mudou radicalmente com uma nova sede administrativa, instalação das centrais de atendimentos, modernização e implantação de sistemas de atendimento, entre outras melhorias significativas. Não consegui realizar sozinha, contei com o auxílio dos servidores e dos colegas defensores públicos”, enfatizou.

A defensora pública substituta empossada, Talita Lima, declarou que a carreira de defensor público é uma das mais gratificantes. “Fui servidora do Tribunal de Justiça de Sergipe e sempre admirei o trabalho da Defensoria Pública. É um órgão que tem um papel importante, uma vez que representa o direito daqueles que não têm condições de pagar um advogado. Ser defensora pública é uma realização profissional, pois nos dar condições de poder servir aos mais carentes”, destacou.

Por: Débora Matos /Assessora de Comunicação

Defensoria Pública do Estado de Sergipe

  1. 8878.9355
Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: