Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

8 de Julho O Povo enche o peito de orgulho e grita, Sou Sergipano!

cats

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo pronto para a grande festa do 8 de julho, em que será celebrado os 191 anos da emancipação política de Sergipe e a entrega oficial do diploma de título de Patrimônio Cultural da Humanidade à Praça São Francisco, na cidade de São Cristóvão. O espaço será palco de uma grande festa promovida pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado Cultura (Secult), que terá início às 16h30 desta sexta e contará com a presença da ministra da Cultura, Ana de Hollanda.

Na programação do evento farão parte grupos folclóricos, bandas filarmônicas e a Orquestra Sanfônica de Aracaju, representando a diversidade cultural sergipana. Além disso, a Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE) fará concerto no Teatro Tobias Barreto (TTB), às 20h30 de sexta-feira, em homenagem à representatividade da data. Na ocasião haverá, também, a entrega da Medalha da Ordem do Mérito Aperipê a personalidades responsáveis pela conquista do título.

Com cerca de 120 homens, a Policia Militar de Sergipe também participará do evento. De acordo com o coronel Carlos Augusto, dois desfiles ocorrerão no ato, um a pé e o outro com o carro. “Vamos ter uma tropa da polícia que irá recepcionar o governador Marcelo Déda e a ministra. Além da nossa banda que também fará parte da programação da festa”, contou o coronel. 

Título: Patrimônio Cultural da Humanidade

sao_cristovao_g

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desde 2007, figuras importantes no cenário sergipano vêm lutando para que a Praça São Francisco fosse reconhecida como Patrimônio pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Muitas obras foram realizadas pelos Governos Federal, Estadual e Municipal, a fim de adequar a praça, a exemplo da iluminação interpretativa no local. 


A Praça, que tem mais de 400 anos, abriga grandes construções dos séculos XVI e XVII. Entre elas, o Convento e a Igreja de São Francisco, o Museu de Arte Sacra (antiga Capela da Ordem Terceira), a Santa Casa, a Igreja de Misericórdia e o Palácio Provincial, além de casarios antigos. Vale lembrar, que também está localizado na Praça São Francisco, o Museu Histórico de Sergipe, que recentemente completou 50 anos de existência e conta, através do seu acervo, grande parte da história do povo sergipano.

O monumento foi o único candidato brasileiro entre os 39 bens que foram avaliados na sessão do Comitê da UNESCO deste ano e, agora, é o 18º Patrimônio do país a entrar na seleta lista da Organização.

Por Monique de Sá, da Ascom/Secult 

Foto: Inlustração do site da Secult

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...