Adema monitora limpeza de vazamento de óleo em Riachuelo

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) continua monitorando os trabalhos de limpeza por técnicos da Petrobras, que concluíram a contenção do vazamento de água e óleo de um poço de petróleo (RO-0646), ocorrida no último dia 30, nas proximidades de um trecho do Rio Sergipe, no município de Riachuelo, a 28 km de Aracaju.

A emulsão oleosa ficou contida em uma barreira natural de taquaras, próxima a localidade do poço. Para a execução dos serviços de limpeza do rio, foi implantada nas proximidades uma base operacional com área de vivência para os profissionais, bem como todo o suporte necessário.

Para os trabalhos iniciais de contenção do vazamento foram designados 45 profissionais e instaladas sete barreiras de contenção artificial (quatro de hidrocarboneto e três absorventes), além do auxílio de um poliguindaste, duas caçambas, três barcos, três retroescavadeiras, quatro caminhões vácuos e quatro caixas coletoras.

Segundo o diretor-presidente da Adema, Gilvan Dias, na vistoria realizada pelo órgão no dia 01 de novembro, constatou-se um acréscimo de equipamentos por parte da estatal. “Foram instaladas duas barreiras absorventes e três barreiras sifense, disponibilizados um trator, uma retroescavadeira e mais três caminhões a vácuo, a fim de que haja celeridade no processo de limpeza”, explica.

Gilvan Dias acrescenta que até o fim da operação, as equipes do órgão ambiental permanecerão monitorando o local. “O vazamento já foi contido, e, de acordo com o supervisor de operação da Petrobras, os trabalhos de limpeza e recuperação da área continuarão por toda semana, sendo que a depender do clima, a estimativa para o de término dos serviços será no dia 10 de novembro. Porém, não havendo previsão para a substituição da linha danificada do satélite RO-0112. Além do monitoramento diário, os profissionais da Adema estão realizando um trabalho de inspeção para averiguar a situação, se a área foi de fato comprometida, além de analisar a água do local e todo o perímetro”.

Foto: Adema

Fonte: ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: