“A Heloisa Galdino pode falar o que quiser, mas não pelo PT”, declara Rogério Carvalho

grande-rogerio_carvalho_saude_29-08-072A briga interna dentro do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, para não ter fim. Na manhã desta terça-feira, dia 13, o presidente do PT, Rogério Carvalho, concedeu uma entrevista a radialista Magna Santana, do Programa Liberdade Sem Censura, e ele, aproveitou para esclarecer alguns pontos de vista do partido. na oportunidade fez algumas observações.

O site Faxaju, através do jornalista Munir Darrage, repercutiu o a entrevista, acompanhe:

O deputado federal Rogério Carvalho, presidente do diretório estadual do partido dos Trabalhadores em Sergipe, parece não ter gostado das afirmações feitas pela ex-secretária Eloísa Galdino, de que a nomeação da ex-primeira dama, Eliane Aquino, para a Secretaria de Inclusão Social, seria da cota do PT e que a indicação teria sido discutida dentro do partido. Além disso, Galdino disse que “está na hora de colocar um ponto final nessa novela sobre a filiação de Eliane Aquino. Temos documento da direção nacional pedindo para regularizar a situação, temos trocas de e-mails sobre o tema. A direção estadual decidiu não seguir a orientação”, afirmou Eloísa Galdino.

Na manhã desta terça-feira (13), Rogério Carvalho, além de desautorizar Eloísa Galdino de falar em nome do Partido dos Trabalhadores, lembrou da polemica sobre a filiação de Eliane Aquino ao PT. “A escolha da Eliane Aquino para assumir a Inclusão Social, foi da cota particular do governador Jackson Barreto e não da cota do PT. Eu não conversei nada com o governador sobre essa nomeação. A Eloísa Galdino pode falar o que quiser, mas ela não está autorizada a falar pelo PT”, avisou Rogério Carvalho em entrevista à radialista Magna Santana e Evenilson Santana, no programa Liberdade sem Censura.

O presidente do PT lembrou ainda sobre a polêmica e suposta filiação de Eliane Aquino ao partido. Rogério Lembrou que sua senha teria sido utilizada sem sua autorização, ou seja, a filiação teria sido, caso tenha ocorrido, de forma fraudulenta. “Eu terei o maior prazer em abonar a ficha da ex-primeira dama. Vou inclusive encaminhar a ela uma ficha de filiação. Mas até o momento ela não é filiada e isso não quer dizer que ela não possa assumir a secretaria, porém volto a afirmar que não tem nada a ver com indicação do PT”, garantiu Rogério.

Rogério Carvalho falou ainda sobre as Secretarias da Saúde, estadual e municipal, indagando o que teria sido feito para melhorar o atendimento à população após a sua saída em 2006. “O que é que foi feito nas secretarias do município e do estado após 2006 quando eu a deixei. Nada. De lá para cá não houve investimentos e nem ampliação daquilo que nós deixamos. O que foi construído de lá para cá, foram recursos que eu deixei alocado. Não havia atraso no pagamento de fornecedores. Isso pode ser perguntado aos empresários que forneciam à época”, explicou o deputado e ex-secretario da saúde afirmando que a partir de 2006 não fez mais nenhum tipo de interferência na secretaria.

Por: Munir Darrage/ Faxaju

Fonte: Magna Santana /Liberdade News

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: