ACDS critica governo por troca do camarote destinado aos cronistas no Batistão

A Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe – ACDS – declara publicamente o repúdio à decisão da Superintendência de Esportes do Governo de Sergipe, ao decidir unilateralmente na manhã desta quinta-feira (09) pela troca do camarote 5 destinado a ACDS para o camarote 4, da Secretaria de Esportes do Governo de Sergipe.

Na ocasião, o Presidente da ACDS, Adel Ribeiro, foi convocado para reunião supostamente com o objetivo de discutir o espaço do camarote da Arena Batistão, todavia foi surpreendido pela referida Superintendência em não autorizar a entrada na reunião da assessoria jurídica da ACDS, bem como do representante do Sindicato dos Radialistas de Sergipe, não franqueando à palavra ao presidente da ACDS para apresentar suas razões quanto a necessidade da permanência do espaço destinado à crônica esportiva desde 2014, pelo então Governador do Estado Jackson Barreto.

Em outras palavras, não foi uma reunião objetivando discutir o espaço do camarote da Arena Batistão à crônica esportiva, mas a comunicação de uma decisão unilateral e política, limitando-se em comunicar a efetivação da troca do camarote 5 destinado a ACDS para o camarote 4, da Secretaria de Esportes do Governo de Sergipe.

Outrossim, assevera-se que o advogado jamais pode ser confundido com seu constituinte. A ACDS rechaça prontamente essa ilegal e abusiva medida, reafirmando a inviolabilidade da advocacia e a preservação do direito de defesa.

Importante frisar, que desde a reforma e modernização do Estádio Estadual Lourival Baptista, o popular e eterno Batistão, foi concedido pelo então Governador do Estado, Jackson Barreto, lugar especial para o exercício das atividades da crônica esportiva no camarote 5, com área suficiente para abrigar todos os cronistas no desenvolvimento de seus trabalhos com maior agilidade e dignidade na cobertura das partidas de futebol.

Registre-se, ainda, que o camarote 5 destinado à ACDS é o local adequado para acomodar os repórteres de campo e cabines durante as jornadas esportivas, quer seja na produção, quer seja na recepção, quer seja na alimentação de forma digna de seus cronistas durante a cobertura dos eventos realizados na Arena Batistão.

Por esses fatos, a ACDS lamenta  a decisão da Superintendência de Esportes do Governo de Sergipe, ao realizar decidir a troca do espaço, localizado em área significativamente menor e com posicionamento inadequado para o desenvolvimento dos trabalhos da crônica esportiva, em virtude de possuir apenas visão semi-panorâmica do Estádio, lamentavelmente.

Ipso facto, pela sua importância no contexto do Estado de Direito, como sustentáculo da democracia, a crônica esportiva não pode seguir sem o mínimo de proteção e, fundamentalmente, sem a devida liberdade e independência para bem cumprir com o seu mister.

 

 

Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe – ACDS

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: