Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Acusado de matar Vanessa deixa a prisão de Sergipe e vai para São Paulo

Após ser apresentado a imprensa sergipana no final da manhã desta segunda-feira, dia 29 de agosto, o preso Edson Bezerra Gouveia, 36 anos , foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal de Sergipe (IML) para realizações de exames de corpo e de delito e viajou em seguida, escoltado por policiais paulistas no início da tarde com destino a São Paulo, para prestar depoimentos sobre a morte da coordenadora de Vendas Vanessa Duarte .

Edson Bezerra, é acusado de envolvimento na morte da coordenadora de vendas Vanessa de Vasconcelos Duarte, de 25 anos , assassinada no dia 12 de fevereiro deste ano em São Paulo. Ele foi detido na sexta-feira, dia 26, em Cristinápolis, pela Polícia Militar de Sergipe e na manhã desta segunda-feira, dia 29, uma equipe da Polícia Civil de São Paulo esteve no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil, em Aracaju, para conduzir o custodiado para Carapicuiba (SP).

Segundo o comandante do Policiamento Militar do Interior, tenente-coronel José Andrade Filho, Edson foi surpreendido pela PM quando estava abrigado numa vila localizada na rua José Amâncio Filho, em Cristinápolis, distante 115 quilômetros da capital sergipana. “Chegamos até Edson após recebermos denúncia de uma pessoa que assistiu na TV imagens sobre o caso de Vanessa e que reconheceu o suspeito pelo retrato exposto na matéria.

De posse da informação, o sargento José Vieira Barros, comandante do Destacamento local da PM, levantou na internet informações sobe o caso e a foto do suspeito. No final da tarde de sexta os policiais cercaram a casa onde o suspeito estava e por volta das 20h ele saiu da residência e acabou sendo reconhecido e preso”, relatou o oficial.

7De acordo com o diretor do Cope, delegado Everton Santos, ‘Buda’ comentou com os policiais que chegou em Cristinápolis por acaso, já que viu a cidade de um ônibus e decidiu conhecer, permanecendo depois que conseguiu emprego facilmente. “Ele estava em Sergipe há cerca de cinco meses, onde trabalhava como catador de laranjas. Quando questionado sobre a morte Vanessa, Edson afirmou que conhecia a vítima, mas que não queria falar sobre o caso. O infrator foi levado inicialmente à delegacia do município e depois foi encaminhado para o Cope, onde fizemos todos os procedimentos necessários para fazer o recambiamento dele para São Paulo, por meio da equipe do delegado Alexandre Polito, que embarcará com ele ainda nesta segunda-feira”, acrescentou.

O delegado Alexandre Polito lembrou que a coordenadora de vendas Vanessa Duarte foi encontrada morta no domingo, 13 de fevereiro de 2011, no km 41,5 da Rodovia Raposo Tavares, município de Cotia, na Grande São Paulo.A jovem estava desaparecida desde o sábado, 12 de fevereiro, quando tinha saído da casa do noivo, em Barueri, também na região metropolitana da capital paulista, para encontrar amigas.

moa-A vítima não chegou ao local combinado com o grupo, e seu corpo só foi encontrado no dia seguinte em uma mata, seminu e com sinais de violência sexual. Buda e um outro homem – que já está preso – foram apontados como os responsáveis pelo bárbaro crime.Vamos agora interrogá-lo para saber se ele foi realmente um dos autores da ação e para tentar esclarecer todos os pontos que permanecem nebulosos em relação a este homicídio. Sabemos que ele já tem passagens por outros crimes e que a exposição do caso na TV ajudou a localizá-lo”, comentou o delegado Polito.

 

 

 

           

Texto Original : ASCOM/SSP/SE Texto adaptado: Imprensa1.com Imagens: Imprensa1.com

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...