Agamenon: “Procon municipal não trabalha”

AgamenonOs estacionamentos privados foram, mais uma vez, alvo das críticas do vereador Agamenon Sobral (PP) na manhã desta terça-feira, 4/11, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). O parlamentar cobrou atitudes por parte do Procon Municipal. “Quero, novamente, chamar a atenção do Procon Municipal, sobre os donos de estacionamentos que continuam fazendo o que querem e o Procon não trabalha, porque existe uma Lei, ninguém cumpre e ninguém pune”, reclamou Agamenon.

Para o parlamentar, o principal problema é a falta de fracionalidade da cobrança. “Eles são brigados a cobrar fracionado, é Lei, mas cobram como querem, ninguém faz nada e a população é quem paga por isso. Ontem, por exemplo, precisei usar um estacionamento por 15 minutos e tive que pagar o valor integral de R$ 5,00, então eu quero saber quando o Procon de Aracaju irá começar a trabalhar?”.

Agamenon frisou que não concorda com o retorno dos parquímetros. “Não sou a favor do retorno da Zona Azul para Aracaju. O que precisa é o cumprimento da Lei, obrigando que esses estacionamentos passem a cobrar fracionadamente. Cadê o Procon de Aracaju?”, questionou.

Fim da trégua

A Saúde pública sempre foi um dos principais focos do vereador Agamenon. Também no pronunciamento de hoje, o parlamentar fez duras cobranças ao secretário Municipal da Saúde. “Secretário Luciano Paz, acabou a trégua. Doutora Lidiane, aquela faltosa que trabalha no Posto Hugo Gurgel, continua faltando. Estive lá hoje de manhã, e me disseram que ela está de férias, só que ela faltou em janeiro, fevereiro, março, em abril também estava de férias e nada de providências”.

Agamenon avisou que trará mais denúncias de médicos faltosos para a Câmara. “Trarei o nome completo de um médica que trabalha no posto Sinhazinha e não aparece para trabalhar há oito meses”.

A cobrança da lista com o nome dos médicos que têm mais de dois vínculos, feita por Agamenon ao Tribunal de contas, foi refeita pelo parlamentar. “Nosso amigo do Tribunal de Contas de Sergipe, Clóvis Barbosa fez uma denúncia que tem médico com 26 cargos, mas tem 120 dias que fiz um requerimento nessa Casa pedindo ao Tribunal de Contas que mandasse a relação e até hoje não me mandaram. Tem 90 dias que fiz um ofício solicitando também e nada. Doutor Clóvis, o senhor não quer divulgar os nomes?”, indagou.

O vereador afirmou em seu discurso que sabe o motivo pela não entrega das listas. “O senhor, doutor Clóvis, vai para o Cinform dizer que tem médico com 26 vínculos, mas eu sei disso e quero a relação. Sabe porque o senhor não quer me dar esses nomes? Por que tem esposa de um magistrado que tem cinco vínculos e a soma eles da a barbaridade de 180 horas, sendo que a semana tem 160 horas. Colocar no jornal vai resolver? Não vai, resolve me dar os nomes para eu falar aqui todo dia”.

Mendonça Prado
Agamenon também se posicionou quanto às declarações do deputado federal Mendonça Prado (DEM), sobre a falta de apoio da bancada. “Quero mandar um recado para o deputado Mendonça Prado. Eu, vereador Agamenon Sobral, faço parte da bancada do prefeito João Alves, mas não sou subserviente a ele. Meu candidato a deputado federal foi Laércio Oliveira no ano de 2010, e neste ano. Não adianta o senhor ir para o rádio falar que os vereadores da bancada do prefeito não lhe apoiaram. Eu não tinha motivo para apoiá-lo, eu ajudo quem me ajuda e Laércio me ajudou”, afirmou o vereador.

Por Arícia Menezes, assessora parlamentar

Foto: Acrisio Siqueira

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: