Amiga da vereadora baleada na nuca revela com foi o crime e diz que muitos sites publicaram informações erradas.

1

A Presidente da Associação de Beneficência Ribeirópolitana, a senhora Jusivânia Silva Goes, em entrevista exclusiva ao Jornalista e Radialísta Marcos Couto (Programa Jornal da Ilha e Site Imprensa1.com),

esclarece como ocorreu o crime contra a sua amiga e presidente da câmara de vereadores do município de Ribeirópolis-SE, Lucivânia Amarante, que foi baleada de raspão na nuca, no final da manhã do último sábado dia 14 de maio. Quando dois elementos em uma moto, planejavam roubar o dinheiro que a associação usaria para pagar os pedreiros que trabalham em uma obra da entidade, dentro do Projeto Minha Casa, Minha Vida.

A senhora Jusivânia, conta que alguns sites passaram para a população, algumas informações erradas, a exemplo da possível tentativa de um crime político. O que ela e a vereadora, desmentem e repudiam essa informação veiculada por alguns.

A VERDADE

Jusivânia, conta que pediu uma carona de carro a vereadora Lucivânia Amarantes, até a estrada que dá acesso a Serra do Machado, onde estão sendo construídas casas populares da Associação de Beneficência Ribeirópolitana dentro do projeto Minha Casa-Minha Vida, e lá ela faria alguns pagamentos de salários aos pedreiros. Com uma quantia de cerca de 13 mil reais, dividido em dois malotes, a presidente da Associação desceu do FIAT UNO de cor marrom, e realizou o primeiro pagamento do malote 1.

Logo depois, retornou ao veículo e pegou o malote 2. Ao se dirigir a obra acompanhada de certa distância pela amiga, notou que dois homens em uma moto se aproximavam do local onde estavam. A vereadora e presidente da câmara tentou retornar para o carro, e ao chegar próximo a porta do veículo, o seu celular que estava preso na sua cintura tocou. Ao tentar atendê-lo, o carona da moto sacou do revólver e fez cerca de 6 disparos de revólver contra a parlamentar, onde um deles a atingiu na nuca. “Ao ouvir os tiros joguei o malote dentro de um túnel da obra e me abaixei”, declarou Jusivânia.

Após os disparos, os bandidos fugiram sem levar nada. A presidente da Associação levantou do chão e foi ver a criança que brincava com o cãozinho da vereadora dentro carro e logo depois, foi socorrer a amiga. Que foi levada para o Hospital de Ribeirópis e em seguida, para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), onde ficou internada até o final da manhã deste domingo dia 15, e por volta das 11h40, recebeu alta médica.

A Presidente Câmara, ao sair do HUSE, foi para casa de um amigo em Aracaju, onde pretende ficar até esta terça-feira, 16. 

Foto e Video: Theo Moreno  (irepórter Imprensa1)

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: