Amigos dão o último adeus ao criador do “País do Forró”

Velório_Rogério_Marcos_CoutoPersonalidades políticas, da sociedade e artistas sergipanos foram dar o último adeus ao cantor e compositor, Rogério. O músico foi velado durante todo o dia de hoje, 14, em um velatório da Capital. Rogério faleceu na madrugada de ontem, 13, no Hospital das Clínicas em São Paulo, vítima de um câncer na próstata.

O reitor da Universidade Tiradentes (Unit) Jouberto Uchôa, destacou que a o falecimento de Rogério deixa uma lacuna muito grande para a Cultura do Estado. “Ele era um músico completo e que sempre levou o nome de Sergipe para todo o País. É preciso que a nova safra lute para continuar dignificando Sergipe”, frisou.

Para a vice-presidente da Fundação Municipal da Cultura de Aracaju, Aglaé Fontes, Sergipe perdeu um dos seus maiores talentos. “Hoje, a classe dos músicos, amigos e familiares perdeu uma das suas referências culturais, mas quando o artista se vai, a obra dele fica e nos corações de todos vai ficar ecoando o refrão que tanto encantou o povo sergipano”, disse.

O cantor Isaac Borges também foi dizer adeus ao amigo. “Tive o privilegio de participar de projetos com ele e me sinto lisonjeado por isso. O povo sergipano está de luto por essa perda irreparável”, ressaltou. Para o cantor Luiz Fontenelle a Cultura sergipana perde um dos seus filhos mais ilustres. “Ele foi o cara que criou história na música do Estado. Foi ele quem criou o slogan “Sergipe É o País do Forró” e que vai ficar para sempre nas nossas lembranças”, assegurou.

O governador Jackson Barreto (PMDB) também esteve no velório do artista e falou sobre o legado que Rogério deixa para a sociedade sergipana. “Lamento profundamente a sua morte. Ninguém foi tão feliz na divulgação da música sergipana quanto Rogério”, destacou. Para Jackson, a Cultura de Sergipe ficou mais pobre com o seu falecimento. “Não tenho a menor duvida de que, por onde passou, Rogério deixou a marca da nossa cultura, das nossas tradições e valores culturais e o País do Forró está de luto”, completou.

Por Bruno Almeida

Foto: Marcos Couto

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: