Após denúncias, deputados querem investigar Ricardo Teixeira

1306179081981156

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As denúncias contra Ricardo Teixeira já repercutem no Congresso Nacional. A Câmara dos Deputados quer saber porque a FIFA indicou patrocinadores para serem contratados pelas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.


O presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Camará, Jonas Donizette (PSB-SP), criticou o envio de e-mails da FIFA para as cidades-sedes da Copa de 2014. As mensagens indicam a contratação de patrocinadores para o evento.

– Recomendam que as cidades sedes contratem determinados tipos de fornecedores e no meu entendimento isso não cabe a FIFA fazer. Isso é um tráfico de influência.

No plenário da Câmara, o clima esquentou. Deputados cobraram do presidente da casa a assinatura de uma proposta de fiscalização e controle pra apurar os contratos feitos por Ricardo Teixeira, presidente da CBF. Só faltaria essa assinatura pra iniciar a fiscalização, como diz o deputado Anthony Garotinho (PR).

– Tenho um questionamento muito grave sobre a Copa do Mundo, mas só posso fazer na presença do presidente da Casa.

Os deputados queriam mesmo uma CPI e as assinaturas chegaram a ser colhidas, mas alguns parlamentares voltaram atrás depois de uma conversa com o presidente da CBF. a proposta de fiscalização vai permitir que os deputados requisitem documentos e façam buscas, mas Ricardo Teixeira só poderá ser convidado pra dar explicações, como explica Vitor Paulo, líder do PRB.

– Tem caixa preta e tem que ser aberta e nós queremos através da comissão de fiscalização e controle que essa caixa preta seja aberta.

 

Garotinho estranha o uso de tanto dinheiro publico na obra do novo estádio do Corinthians. O custo é de R$ 1 bilhão quatro vezes mais que a reforma do Morumbi.

– Hoje o bom para a CBF é o que eu acho que vai resultar das denúncias que nós estamos preparando. O afastamento de Ricardo Teixeira da presidência feito para nomear um interventor para que a Copa do Mundo no Brasil seja dirigida por alguém íntegro e não um cidadão que está sob todas as suspeitas no Brasil, na Inglaterra, na Suíça, no mundo inteiro. É uma vergonha para o Brasil.

Fonte: R7.com

Foto: olaserragaucha.com.br 

 

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...