Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Aracaju 167 anos: de olho no futuro, capital se prepara para novos desafios

O 167° aniversário da capital será marcado pela entrega da estrutura física da primeira maternidade municipal de Aracaju, no bairro 17 de Março. A obra, de grande importância para a cidade, aponta para o futuro: nos leitos da maternidade nascerão os próximos aracajuanos, que darão continuidade ao legado do povo que fez morada às margens do Rio Sergipe.

Mesmo com a diminuição do ritmo das obras, devido à pandemia da covid-19, a Prefeitura de Aracaju conseguiu avançar, finalizando esse e outros importantes empreendimentos que serão fundamentais para o futuro da capital. “Nós estamos trabalhando no presente para construir a cidade que queremos no futuro”, enfatiza o prefeito Edvaldo Nogueira.

Apesar dos momentos difíceis dos últimos anos, em decorrência da pandemia, Edvaldo destaca que os aracajuanos não devem desanimar. “Nós precisamos ter esperança e continuar de mãos dadas, trabalhando juntos, para que continuemos colhendo os frutos. Foi com essa esperança que conseguimos continuar crescendo, construindo uma nova cidade e mudando a vida das pessoas, mesmo diante desses desafios”, expressa.

Os últimos meses foram marcados pela entrega de obras estruturantes em toda a cidade, levando esgotamento sanitário, calçamento e saneamento básico para as localidades mais carentes. Além disso, foram finalizadas obras que terão impacto para a população neste momento de retomada nas áreas da mobilidade urbana, educação, saúde, limpeza pública e turismo; e uma série de avanços que visam transformar Aracaju em uma cidade sustentável e inteligente, como os ecopontos e a troca da iluminação tradicional por LED, o que fará do município a primeira capital do país a ter o parque de iluminação pública com a nova tecnologia, mais econômica e sustentável.

“Tudo isso é fruto da gestão da Prefeitura de Aracaju e, acima de tudo, da população, que todos os dias trabalha, em todas as áreas, para construir uma cidade melhor. Juntos, estamos dando continuidade à grande obra da capital planejada, iniciada há 167 anos por Inácio Barbosa, que foi um visionário. Aracaju é a locomotiva do estado, é a maior cidade e nossa capital tem servido como espelho de boas práticas e de desenvolvimento para as demais cidades sergipanas”, enfatiza o prefeito.

Mais avanços

E se os aracajuanos já podem comemorar o que foi feito e conquistado nos últimos anos, terão ainda mais motivos para se orgulhar da cidade onde vivem nos próximos anos. Devido ao planejamento estratégico e à boa gestão, novas obras já foram iniciadas ou estão em fase de licitação, criando expectativas positivas para a continuidade do desenvolvimento urbano de Aracaju.

Sérgio Ferrari, secretário da Infraestrutura e presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), comenta que a cidade que está sendo planejada para o futuro leva em conta o desenvolvimento sustentável, com responsabilidade ambiental, para garantir qualidade de vida às próximas gerações.

“É um conjunto de obras que já está garantido através do financiamento conquistado pela Prefeitura de Aracaju junto ao Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), com recursos de outros financiamento e investimentos próprios. As obras estão em fase de tramitação legal, então, a partir do ano que vem, já entraremos na fase de execução de importantes obras para nossa cidade”, informa o secretário.

Entre essas obras, destacam a construção da Avenida Perimetral, que fará a ligação entre a zona Norte e a zona Sul; a construção de mais de 1.200 unidade residenciais nas Mangabeiras, que abarcará também a obra de infraestrutura e da criação da reserva extrativista; os residenciais no Recanto da Paz, na Nova Olaria e no Lamarão, somando quase duas mil residências; e a segunda etapa da revitalização do Parque da Sementeira.

Além dessas obras de grande porte, estão previstas mais duas praças no Santa Maria, uma Casa Lar e um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), mais três ecopontos, nos bairros Jardim Centenário, Farolândia e 18 do Forte; além das propostas que já estão sendo executadas com acompanhamento da área ambiental da Prefeitura: o Inventário de Arborização de Aracaju, Plano de Manejo Poxim, e Estudos para implantação de Unidade de Conservação no Lamarão.

Ferrari destaca que novas articulações e trâmites estão sendo realizados para a execução do projeto chamado “Aracaju Cidade do Futuro”, que garantirá ainda mais avanços. “Esse será um projeto voltado para a antiga Zona de Expansão, que agora comporta os novos bairros da capital e será a nossa área de atuação depois que finalizarmos os serviços de infraestrutura nas zonas Norte e Sul da capital. Com isso, poderemos garantir o desenvolvimento para toda a cidade, olhando para as necessidades de cada região da capital. Já estamos preparando Aracaju para os próximos 50 anos”, destaca o secretário.

Fotos: Secom /PMA

Reprodução: www.imprensa1.com

Por: https://www.aracaju.se.gov.br/noticias/94690/aracaju_167_anos_

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...