Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Aracajuanos e turistas aprovam revitalização das passarelas da Orla da Atalaia

Foto: Sérgio Silva

Desde março de 2020, quando a Prefeitura de Aracaju passou a administrar a Orla da Atalaia, além das praias da Aruana e Viral, que anteriormente eram geridas pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU), a manutenção desses equipamentos públicos passaram a fazer parte do cronograma periódico estabelecido pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), órgão que está à frente dos serviços de conservação, via Diretoria de Orlas e Parques.

As passarelas da Orla da Atalaia, por exemplo, por estarem expostas às intempéries, isto é, ao sol e chuva, bem como aos efeitos corrosivos da maresia e, principalmente, pela ação de vândalos, têm recebido reparos constantes.

Recentemente, a Emsurb reformou três das quatro passarelas de madeira instaladas ao longo dos quase 4 km de extensão da Orla da Atalaia, sendo que a quarta passarela, que fica no trecho conhecido como “Havaizinho”, está sendo substituída por material de alvenaria.

De acordo com o diretor de Orla e Parques da Emsurb, José Olino de Castro Lima, a obra de construção da passarela de concreto, que está na fase de conclusão e é resultado de um investimento de R$299 mil, já pode ser considerada uma tendência, pautada no entendimento de que há uma maior durabilidade e proteção aos usuários.

“A estimativa é que, para o próximo ano, a gente consiga transformar as outras passarelas de madeira para alvenaria ou concreto. É menos oneroso para o Município investir em alvenaria, porque a manutenção é menos custosa do que manter as de madeira”, afirmou o gestor.

Já as demais passarelas de madeiras, que ficam nos trechos conhecidos como “Cinelândia” e Marco da Cinelândia, próximo da praia da Aruana, também passaram por reformas, a exemplo da substituição das placas de madeira de eucalipto, do guarda-corpo, feita nova pintura, reparos na alvenaria da parte de sustentação.

“Aracaju, diferentemente de outras capitais litorâneas, tem uma faixa de areia muito extensa e isso, para a população e turistas, é maravilhoso, porque eles têm acesso ao contato com a natureza, de forma segura. As passarelas são acessíveis para qualquer pessoa, seja deficiente ou não, proporcionando acesso à praia sem precisar passar pela vegetação, que é protegida por lei, já que é área de APP (Área de Proteção Permanente). Vale lembrar que, para instalar essas passarelas, foi preciso autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Administração Estadual do Meio Ambiente. É mais comodidade à população e proteção ao meio ambiente”, destacou Olino.

Usuários satisfeitos
As intervenções deixam os usuários extremamente satisfeitos, a exemplo de Renato César de Mesquita Goes, turista de Fortaleza-CE, que, acompanhado da esposa, do filho e da sogra, visitou nesta semana a praia da Cinelândia.

“Estou há três dias na capital sergipana. Gosto muito da orla de vocês. Aqui na passarela de madeira, dá uma foto linda. Devo elogiar, porque vemos que é um local preservado e a Prefeitura está de parabéns por isso”, disse.

Felipe Calheiros, turista de Recife-PE, e sua namorada portuguesa, Ilda de Lima de Souza, compartilham da mesma opinião quando questionados sobre a preservação dos equipamentos da Orla.

“As passarelas, por exemplo, são boas e estão em ótimo estado. Aracaju tem uma particularidade, porque existe uma distância entre a avenida e a praia. De certa forma, com a passarela, você tem uma facilidade de acessar a praia ou a orla. É até bom que seja em madeira e que tenha uma conservação ou manutenção para que, de fato, tenha vida longa. Está aprovado. Esse investimento é necessário para a população e para quem vem visitar a cidade”, afirmou.

Não muito distante dali, na praia do “Havaizinho”, Ademir Cardoso Silva, turista de Feira de Santana-BA, reconhece os benefícios da reforma. “Adoro as praias de vocês. Estou a passeio e vi que a passarela foi reformada para dar um conforto maior à população. Estou satisfeito com a estrutura que foi montada e os gestores estão de parabéns. Na próxima vez eu volto até para morar”, exclamou.

Kátia Cristina, natural de Aracaju e moradora do bairro Atalaia, recorda a situação em que se encontravam as passarelas. “Eu lembro como eram antes. Agora estão ótimas. Não tenho medo de passar por elas e hoje não tenho o que falar”, elogiou.

Orla Sul
A Prefeitura assumiu, também, a manutenção das passarelas e de todos os equipamentos da Orla Sul, a qual está em construção por iniciativa do Governo do Estado. “É uma orla nova e, assim que cada trecho for inaugurado, será transferido automaticamente para a gestão do Município. Até o momento, já assumimos três, todas de alvenaria, que compreende a região da Petrobras, na Aruana”, sublinhou.

Ascom: PMA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...