Bancários de Sergipe aprovam greve por tempo indeterminado a partir da zero hora

BANCO-OKOs bancários de Sergipe aprovaram greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, dia 27.

A confirmação aconteceu na assembleia desta segunda-feira, dia 26, quando os trabalhadores presentes aprovaram a greve por unanimidade.

A categoria rejeitou, mais uma vez, a nova proposta de índice de reajuste de 8% sobre todas as verbas, apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancários), na rodada de negociação da última sexta-feira, dia 23, em São Paulo.

Houve uma elevação de apenas 0,2% em relação à proposta anterior de 7,8%, que havia sido rejeitada na última quinta-feira, dia 22, em todo o país. O índice de 8% significa um aumento real de apenas 0,56%, muito abaixo da reivindicação de 12,8% (5% de ganho real mais a inflação).

A proposta também não contempla a valorização do piso da categoria e não aumenta a Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Portanto, a proposta está aquém da expectativa dos bancários. A ordem agora é intensificar a mobilização para que a greve seja bastante forte e, ao mesmo tempo, termine o mais rápido possível. ” Por: Edivânia Freire / DRT/SE 543

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: