Bandido confessa a polícia que matou o patrão por causa de salário atrasado

empresario-rede-as margens da br-assassinado-bandido-assassinoPoliciais da 4ª Divisão do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), efetuaram nessa segunda-feira, 9, a prisão de Isaque Carlos da Silva Júnior, 19 anos, acusado de latrocínio contra o empresário Arnaldo José dos Santos, cujo corpo foi encontrado num matagal na margem da Rodovia BR 101, no município de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com a delegada Juliana Alcoforado, o empresário estava desaparecido desde a noite do último sábado, 7, e após buscas foi localizado na tarde desta terça-feira, dia 10, enrolado em uma rede e amarrado com cordas, abandonado em um terreno baldio que fica ao lado de uma das empresas em que ele trabalhava.

empresario-rede-as margens da br-assassinado-“A vítima era sócia das empresas Trucks Aracaju e Rodobens. Após seu desaparecimento os amigos estavam procurando por ele e conseguiram localizar um corpo no início da tarde de ontem. De imediato, enviamos uma equipe até o terreno e começamos a investigar o local onde o crime aconteceu. Descobrimos que a motocicleta do empresário havia sido subtraída, assim como carteira e celular, e o cofre de uma das empresas que foi estourado e teve o cadeado serrado”, pontuou a delegada.

Na oportunidade, a polícia percebeu que no local havia respingos de sangue que foram limpos pelo assassino e que o crime foi praticado por alguém que tinha acesso ao estabelecimento, já que a empresa estava perfeitamente fechada.

Delegada Juliana Alcoforado-Alcoforado-DHPP-“Logo identificamos o funcionário Isaque Carlos que era ajudante de soldador. Ele confessou que pediu a vítima para dormir no estabelecimento, alegando que havia brigado com a companheira. O empresário morava no primeiro andar da empresa e permitiu que ele ficasse. Na noite do crime a vítima e o acusado ainda saíram para beber em um local próximo a empresa e a ação criminosa foi realizada quando voltaram para o estabelecimento. O empresário estava sentado em um sofá assistindo televisão, quando Isaque pegou a arma, que pertencia a vítima, e efetuou dois tiros contra Arnaldo e posteriormente queimou o sofá. Após ser questionado, Isaque confessou que arquitetou a morte do patrão porque estava há dois meses com o salário atrasado”, acrescentou Alcoforado.

cadeado-carteira-dinheiroIsaque saiu do local com os pertences da vítima, sendo uma motocicleta, uma carteira, um aparelho celular, além de um revólver calibre 38 com quatro munições, que ficava guardado na empresa. A polícia foi até o casa do acusado e encontrou os pertences da vítima, sendo que a arma de fogo usada no crime foi localizada escondida na casa de um adolescente que é amigo de Isaque. Após a prisão o acusado foi encaminhado para o DHPP, onde foi autuado pelos crimes de latrocínio, ocultação de cadáver e porte ilegal de arma de fogo.

Fonte e foto : Ascom da SSP

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: