Cabo da PM sequestra homem,tenta executá-lo mais morre com facada e tiro

CAPAUm Cabo da Polícia Militar de Sergipe morreu e dois ficaram feridos em uma tentativa de homicídio, na madrugada desta sexta-feira (1), por volta das 2 h, em uma estrada vicinal, próximo ao assentamento Dois Irmãos, em Piranhas.

Segundo o delegado regional Rodrigo Cavalcanti, conforme os primeiros levantamentos, o Cabo Ronildo Santos Alves, 43, juntamente com José Ailton de Souza Santana, 30, utilizando-se de um veículo Corsa Sedan, de cor dourada e placa NVN-7409/Aracaju, tinha raptado Décio de Oliveira Sandes, a quem pretendiam executar.

 Mas, ao retirar a suposta vítima do porta-malas do carro, o policial foi surpreendido com um golpe de faca peixeira desferido por Décio que mesmo estando algemado teria atingido o pescoço de seu algoz, se aproveitando do momento para iniciar uma luta corporal e tomar a arma dele, uma pistola calibre .40, com a qual Décio disparou algumas vezes contra o policial que morreu no local.

Em meio à confusão, José Ailton, que também estaria armado com revolver calibre 38, teria desferido alguns disparos contra Décio que já estava de posse da arma do PM e conseguiu acertar cerca de três tiros no peito do parceiro de Ronildo que caiu desacordado ao lado do corpo do companheiro.

Décio ainda teria tentado fugir utilizando o veículo de seus algozes, mas por está algemado não conseguiu dirigir e ficou no local aguardando socorro. De acordo com o próprio, enquanto esperava ajuda, um homem que teria passado de moto na localidade, se dizendo ser policial, recolheu as duas armas, segundo ele para entregar na delegacia e avisar sobre o ocorrido. Mas, conforme o delegado regional, as armas ainda não foram localizadas.

Agentes policiais da delegacia regional de Delmiro Gouveia se deslocaram até o local do crime onde solicitaram o Instituto Médico Legal (IML) para recolher o corpo do policial. Os outros dois feridos já haviam sido socorridos por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Segundo os primeiros boletins médicos, ambos não correm riscos de morte.

A polícia civil espera a recuperação dos dois feridos para começar as oitivas na intenção de desvendar o principal motivo que levou o policial e seu companheiro a querer executar Décio. O caso é apurado pelo delegado regional Rodrigo Cavalcanti.

Fonte:http://cadaminuto.com.br/externo/interior/172846/pm-sergipano-morto-em-alagoas-ia-executar-homem-em-piranhas

 

 

FOTOS

 CARRO3CARRO_5CARRO_4CARRO_CAPA_DA_MATERIA_IMPRENSA1CARRO_2CAPA_3X4

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: