Candidatos participam de debate na TV

DEBATE-TV-SERGIPE-JACKSON-SONIA-MEIRE-EDUARDO-AMORIM--RICARDO-MAX-IMPRENSA1
Debate da TV Sergipe – Candidatos ao Governo de Sergipe- Eleições 2014

O eleitor teve na noite desta terça-feira, dia  30, a última oportunidade de conhecer as propostas dos principais candidatos ao Governo do Estado, através do debate realizado pela TV Sergipe.

Participaram do “embate” os candidatos com representação na Câmara Federal, Eduardo Amorim (PSC), Jackson Barreto (PMDB) e Sônia Meire (PSOL), e também o candidato Airton da CGTB (PPL) que não tem representação, mas o partido conseguiu uma liminar na Justiça para participar do debate.

O candidato Eduardo Amorim continuou adotando a postura de tecer duras críticas às políticas públicas adotadas pelo atual governo. A Segurança Pública foi apontada por ele como um dos pontos mais deficientes da gestão.

“Nos últimos anos, em Sergipe, tivemos mais de 5 mil homicídios. Somente no último final de semana, o Instituto Médico Legal (IML), recebeu 21 corpos vítimas de homicídio. Por isso acredito que o meu projeto é o melhor para Sergipe porque estou buscando dias melhores para o meu povo”, afirmou.

Com o ar de que não está nem aí para as provocações do candidato do PSC, Jackson Barreto, candidato a reeleição, agradeceu a população pela recepção que recebeu ao seu projeto de continuidade. “Estou alegre e feliz com aceno do povo. Acho que isso para mim é um final feliz de uma vida pública dedicada ao povo sergipano. Não fiz outra coisa, desde a época da Ditadura, a não ser lutar, sonhar e ter esperança de fazer o melhor pelo meu povo e sinto que a nossa população responde de forma muito positiva”, frisou.

Jackson ressaltou que essa campanha o fez lembrar da que o conduziu ao comando da Prefeitura de Aracaju, na década de 1980. “Me fez lembrar da minha chegada na Prefeitura, por causa da confiança do povo e, de forma especial, dos mais carentes que sabem que nossas políticas têm prioridade de cuidar do social, dos mais pobres e carentes”, completou.

O candidato Airton da CGTB ressaltou a importância de ter participado do debate. “Meu partido foi criado em 2010, e não tinha como ter representantes no Congresso e foi justo o entendimento do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e foi muito esclarecedor para que o povo sergipano vote melhor. Temos um projeto de industrialização para atiçar o Estado. A indústria é o carro chefe do nosso governo”, disse

Já Sônia Meire ressaltou que só existem dois projetos em disputa nesse pleito. “São dois projetos, só que com figurantes diferentes. Um que representa as elites e oligarquias de interesses privados que querem ocupar o Estado para avançar na privatização e o nosso projeto que é de avançar nos conselhos populares com a participação direta dos trabalhadores, e nesse debate saímos mais vitoriosos porque fomos capazes de colocar aquilo que às ruas vem dizendo”, destacou.

Por Bruno Almeida

Foto: Imprensa1.com.br

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: