Casal morre ao trocar tiros com os policiais COPE

O Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) detalhou em uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, a operação em conjunto com a Delegacia Regional do município de Nossa Senhora das Dores. Os policiais deram cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão. Um criminoso foi preso, dois morreram em confronto com a polícia e um está foragido.

Segundo informações do delegado André Davi, coordenador do núcleo de operações do COPE, a Delegacia Regional de Nossa Senhora das Dores presidiu uma investigação de tráfico de drogas e comprovou o domínio do tráfico da região por Robério Feitosa dos Santos, 29 anos.

A Delegacia Regional de Nossa Senhora das Dores apurou que Robério estaria envolvido em cerca de quatro mortes ocorridas recentemente no município. O homicídio de duas mulheres teria relação com a disputa pelo domínio do tráfico de entorpecentes na localidade.

De acordo com o delegado Marcos Garcia, “Robério fazia parte de uma associação criminosa voltada para o comércio de entorpecentes, não só na cidade de Nossa Senhora das Dores, mas em outras regiões também. Nós já havíamos efetuado o cumprimento de alguns mandados de busca, mas não obtivemos sucesso na localização da droga. ontem com os mandados de prisão nós obtivemos junto a comarca de Nossa Senhora das Dores e o Cope ao abordá-los reagiram a abordagem e no confronto vieram a óbito.”

Durante a abordagem policial nas casas de prostituição que o casal mantinha no município “Robério e sua companheira, Maria Risonere da Silva, mais conhecida como “Paulinha”, 45 anos, reagiram e entraram em confronto com a polícia. Ambos vieram à óbito. Durante a operação, também foi preso Reginaldo Santos Júnior, 25 anos, pelo crime de tráfico de drogas. Enquanto Romário Vieira da Silva, 25 anos, suspeito de envolvimento nos crimes com Robério e Paulinha, se encontra foragido da polícia.” finalizou o delegado André Davi.

O COPE e a Departamento de Inteligência da Polícia Civil segue auxiliando nas investigações e novas diligências serão efetuadas. E destaca a importância da colaboração da comunidade repassando informações acerca da localização dos suspeitos através do Disque-Denúncia telefone 181. O sigilo é garantido.

Reprodução:www.imprensa1.com

Por: Ascom da SSP

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: