Centro Comercial começa a ser revitalizado

Reforma_calcadão_Pedro_LeiteApós muitos anos sem investimento, comprometendo a rede comercial e a urbanização do local, a Prefeitura de Aracaju deu início a obra que vai revitalizar todo o parque urbanístico do Centro Comercial da capital, equacionando os problemas e beneficiando comerciantes, consumidores e frequentadores de uma das regiões mais importantes de Aracaju. Todas as medidas que serão implementadas foram discutidas com os comerciantes e entidades representativas que levaram à atual gestão suas demandas e prontamente foram atendidos.

Desde a última segunda-feira, 22, quem passa pelos calçadões das ruas João Pessoa, Laranjeiras e São Cristóvão, pôde observar a presença de profissionais da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) que já trabalham em pontos estratégicos para agilizar o andamento da obra e não comprometer as atividades comerciais de toda a área. As primeiras ações foram concentradas na manutenção dos equipamentos urbanos de acessibilidade, a exemplo de rampas de acessos para pessoas portadoras de deficiências. Comerciantes locais aprovam a obra do governo municipal.

“A administração se sensibilizou com as solicitações dos representantes do comércio aracajuano para que fosse feito algumas intervenções que revitalizasse o local. Prontamente o prefeito João Alves nos orientou a criar um plano de urbanização, que imediatamente nossos engenheiros fizeram as vistorias e estudos necessários e agora, de fato, começamos o trabalho. Foi através do diálogo entre o setor produtivo de nossa capital e o poder público que foi concebido este importante investimento que mudará substancialmente o aspecto do Centro”, destaca o secretário municipal de Infraestrutura, Luiz Durval Tavares.

A obra tem agradado a população.  O comerciante Alenaldo Ferreira dos Santos, é um dos que reconhecem a necessidade dos investimentos e elogia a iniciativa da PMA. “Toda obra causa algum desconforto, mas no final ela traz benefícios. Se é para o bem da população eu acho uma ação louvável da administração municipal. Espero que esta reforma dê um novo ânimo ao comércio já que muitas pessoas trocaram o Centro da cidade pelos shoppings. A revitalização deve dar um novo gás ao comércio local”, argumenta Alenaldo Ferreira.

Outro que também ressalta a importância da revitalização é o bancário Albano Gama, que acredita no empenho da PMA para manter o Centro da cidade adequado e com aspecto agradável para os frequentadores. “Sou favorável e esta intervenção, pois, se há problema, há necessidade de reparos. Então, acredito que esta reforma trará benefícios.

Há 34 anos trabalhando no Centro, o engraxate José dos Santos lembra que a reforma foi feita há mais de uma década e diz que, pelo tempo, o espaço necessita de recuperação. “O serviço feito há muitos anos não foi bem executando e a reforma é mais que necessária. Muitas pedras portuguesas estão soltas e podem causar acidentes, precisa de pampas de esgoto e serviço de manutenção de drenagem”, conta.

Pedras portuguesas                                                                                                                                    

As pedras portuguesas formam belos mosaicos e embelezam os espaços públicos. Mas, com o tempo, elas apresentam alguns inconvenientes aos transeuntes e despesas para os cofres públicos. Um dos aspectos que estudiosos desaprovam o uso da pedra é o curto período de conservação, não podendo ser reaproveitada. Outro equívoco sempre presente entre as pessoas diz respeito à composição e ao formato: a verdadeira apresenta a superfície plana retangular e geralmente em calcário branco e negro

Trabalho alcança outras áreas do Centro

O programa de revitalização do Centro Comercial de Aracaju inclui reforma dos três calçadões, construção de um camelódromo, urbanização do Calçadão da 13de Julho e  inauguração do Centro Cultural localizado no antigo prédio da alfândega. As praças General Valadão e Fausto Cardoso também passarão por uma completa reforma. Outro importante ponto de comércio e turismo, os Mercados Thales Ferraz, Albano Franco e Antônio Franco serão revitalizados. Além disso, a Emurb vem realizando recapeamento das ruas do Centro por meio do programa Rodando no Macio.

Fonte: PMA

Foto: Pedro Leite

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: