Centros Comunitários de Educação em São Cristovão terão atividades intersetoriais

Buscando garantir maior aproveitamento dos prédios das escolas que passaram pelo processo de nucleação, a Prefeitura de São Cristóvão transformou-os em Centros Comunitários de Educação, em cooperação com as secretarias municipais.

“Os Centros Comunitários de Educação estão sobre o viés da Secretaria Municipal de Educação. Nós podemos oferecer EJA, maternal para crianças de três anos e os serviços das outras secretarias dependendo das demandas da comunidade.”, informou a secretária de Educação, Quitéria Barros.

O processo de nucleação, ou reordenamento de rede, ocorreu quando escolas maiores receberam as matriculas de alunos de escolas menores que tinham classes multisseriadas, que é quando uma sala é composta por alunos de várias séries. O objetivo é a melhoria do ensino através do combate destas classes.

Os prédios estão localizados em dez povoados: Timbó da Barragem, Timbó (área do presídio), Arame I, Arame II, Umbaubá, Candeal, Ilha Grande, Várzea Grande, Aningas e Aldeia. Cada um deles conta com uma pessoa responsável para coletar as demandas da população.

As atividades são intersetoriais, ou seja, em conjunto com as outras secretarias municipais. Durante a reunião, os secretários de Assistência Social e do Trabalho (Semast), Agricultura, Meio Ambiente e Pesca (Semap) e Esporte e Lazer (Semel), também apresentaram suas sugestões ações que podem ser aplicadas.

“Por exemplo, a Semast pode oferecer um curso de cabeleireiro ou de manicure. A Semap pode oferecer outra ação a considerar os arranjos produtivos da região. A Saúde, em algumas comunidades, já está levando médico.”, explicou.

De acordo com secretária de Educação, esses são serviços que são obrigação do poder público e que essas pessoas só tinham acesso com grande deslocamento, indo até Centro do município.

Timbó da Barragem

Na manhã desta sexta-feira (7), as equipes da Prefeitura visitaram a EMEF Marinalva Nascimento dos Santos para conversar com a população sobre as demandas para melhor aproveitamento do local. O espaço também pode ser utilizado para atividades desenvolvidas pela própria comunidade.

“Eu achei ótima. Nós precisamos muito de serviços na área de educação e de médicos nesta localidade. Além disso, agora vamos ter um espaço para lazer.”, afirmou.

Reprodução: www.imprensa1.com

Por: https://www.saocristovao.se.gov.br/

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: