Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

CHACINA: Polícia apresenta acusado da chacina de Itabaiana-SE e da morte de mais sete pessoas

foto-2A Polícia Civil divulgou na manhã desta quinta-feira, dia 8, detalhes sobre a investigação da chacina que vitimou quatro jovens em Itabaiana, município distante 56 quilômetros de Aracaju.

As delegadas envolvidas na apuração do caso também apresentaram no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), na capital, o acusado pelo quádruplo assassinato, o ex-presidiário Márcio da Silva Santos, 26 anos, o Márcio Tubaína.  Preso no último dia 06 de setembro.

“Pelo menos 14 homicídios ocorridos em Itabaiana são atribuídos ao Márcio Tubaína. E 11 deles foram cometidos entre junho e agosto de 2011. E foi durante os cerca de 70 dias em que ele permaneceu em liberdade após cumprir oito dos 14 anos de anos de reclusão aos quais foi condenado por um desses assassinatos”, explicou a coordenadora da Delegacia Regional de Itabaiana, delegada Juliana Alcoforado. Ainda segundo a delegada, o acusado demontra um total frieza em suas praticas criminosas.

1--chacinaDe acordo com  informações da polícia, a chacina foi numa dessas 11 ações que ele cometeu, junto com um adolescente, a chacina do último dia 16 de agosto e chocou os moradores da região agreste do estado.

Foram assassinados Mateus dos Santos Siqueira, de 20 anos, Ana Paula dos Santos Moura, 14, Jéssica Prates dos Santos, 16, e Yuri Santos, 18.Márcio teria sentido ciúmes de Jéssica, que estava com Ana Paula e os dois homens numa festa.

“Depois que chegamos à conclusão da autoria do crime, descobrimos que Márcio tinha um relacionamento com Jéssica e ficou com ciúmes quando descobriu que ela estava numa festa, junto com Ana, Mateus e Yuri. Daí ele convidou o adolescente para assustar os quatro, mas acabou matando-os a tiros”, resumiu a delegada Viviane Jardim, do Setor de Homicídios da Delegacia Regional de Itabaiana.

Dupla

d1As delegadas Juliana Alcoforado e Viviane Jardim relataram que o adolescente, de 16 anos de idade, se uniu a Tubaína depois que seu irmão foi assassinado em junho deste ano por quatro homens – que já estão presos pela Polícia Civil – para tentar matá-los.

“Mas nesse intervalo ele passou também a participar de outros crimes junto com o Márcio, crimes esses que também estamos apurando”, informou a coordenadora regional.

E a lista de delitos de Márcio Tubaína é extensa. “Ele já foi condenado por um homicídio e cumpriu parte da pena, até obter liberdade por progressão da pena. Mas antes de ser preso já havia cometido mais dois, pelos quais estava respondendo à justiça. Mas ao sair da prisão, voltou a matar, inclusive tendo uma lista de inimigos a executar. E tudo aponta que foram 11 homicídios”, disse Jardim.

Reforço

Também participaram da coletiva a superintendente da PC, delegada Katarina Feitoza, e a delegada Viviane Cruz Pessoa, da Coordenadoria da Polícia Civil no Interior (Copci). Elas frisaram o esforço da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) em elucidar o crime e reduzir os homicídios em Itabaiana, que vinha sendo um dos mais baixos dos últimos anos, mas teve uma acentuação atípica.

d5“Registramos entre janeiro e junho de 2011 menos de 20 homicídios e esse número era menor que o do mesmo período de 2010, que por sua vez já estava abaixo dos registros equivalentes de 2009. No entanto, houve logo depois 18 outros homicídios na cidade em menos de dois meses, exatamente entre julho e agosto, período que coincide com o período de liberdade de Márcio e as investigações o ligam até o momento a 11 desses assassinatos, o que vamos confirmar somente ao final de cada um dos inquéritos”, informou Viviane Pessoa.

Já Katarina Feitoza explicou que o secretário da Segurança Pública, João Eloy determinou uma força-tarefa para o município, unindo e reforçando ações da Polícia Militar e da Polícia Civil.

“Essas operações já estão dando resultado devem permanecer por tempo indeterminado, em prol da tranquilidade da população. Sabe-se que há crimes que não podem ser evitados por meio das ações normais de patrulhamento, por exemplo, como os homicídios passionais, mas tudo que está dentro das atribuições da SSP está sendo e será feito”, reforçou a superintendente.

delegadasAinda de acordo com as quatro delegadas, a investigação e as diligências a fim de esclarecer o crime e capturar os acusados contaram com apoio de diversas unidades da Polícia Civil – como o Cope e a Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) – e da Polícia Militar – a exemplo do Comando de Operações Policiais Especiais (COE). ( OBS: ASSISTA LOGO ABAIXO:  OS VIDEOS DAS ENTREVISTAS E VEJAS FOTOS CHOCANTES DOS CRIMES)  / 

 Imagens Delegadas e acusado: Imprensa1 / Videos; Imprensa1

Textos: SSP/SE e Site http://www.gilsondeoliveira.com.br

Fotos dos Crimes: http://www.gilsondeoliveira.com.br

 

AGORA ACOMPANHE DETALHES DOS CRIMES COM FOTOS DO SITE GILSON  DOS SANTOS (parceiro do site Imprensa1.com) Preso no último dia 06 do corrente mês durante uma operação realizada por agentes civis da Delegacia Regional de Itabaiana (SE), Márcio da Silva Santos, conhecido como “Márcio Tubaina”, 25 anos, é apontado pela polícia como principal suspeito pelo assassinato de Mateus dos Santos Siqueira, 20 anos, Jéssica Prates dos Santos, 16 anos, Ana Paula dos Santos Moura, 14 anos, e José Yuri Santos Bispo, 18 anos.A chacina aconteceu na noite do dia 16 de agosto na Rua B do conjunto Francisco Teles de Mendonça, em Itabaiana.1--chacina

No dia 02 de julho ocorreu o duplo assassinato de Givaldo Alves da Mota, conhecido como “Manuê”, 33 anos, e Maria Ivaní dos Santos, conhecida como “Totoca”, 31 anos. Eles foram mortos a tiros no conjunto Maria Coriza Bispo durante a realização de uma seresta em um bar da localidade.duplo_homicidio_itab_g2

Já na noite do dia 10 do mesmo mês foi morto dentro do “Bar do Beijo”, localizado na Rua C, número 46, no conjunto Maria do Carmo Nascimento Alves, o casal Maria Joseildes dos Santos, 25 anos, e Carlos Roberto dos Santos, conhecido como “Carlinhos”. A mulher morreu dentro de um quarto e o seu companheiro foi morto próximo ao  duplo_homicidio_casal_homem_gduplo_homicidio_casal_mulher_g.

Ainda no mês de julho foi assassinado Carlos Henrique da Silva, 23 anos, que residia no conjunto Miguel Pedro de Mendonça, e morreu momentos depois de ser alvejado a tiros, enquanto José Aremir da Conceição, conhecido como “Arranheto”, 31 anos, também foi alvejado por disparos de arma de fogo. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia 31, no Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (HUSE), em Aracaju. O crime aconteceu na noite do dia 23 em uma residência, localizada no conjunto Maria do Espírito Santo. .homicidio_invasao_g

Já no mês de agosto, um dia antes da chacina, o idoso Antônio Rodrigues de Souza, 58 anos, foi alvejado a tiros na cabeça e nas costas. Ele foi encontrado morto na porta de entrada da casa de número 32 da Rua C, no conjunto Maria Coriza Bispo. Ao chegar ao local do crime os policiais encontraram a residência da vítima completa.idoso_morto_itab_g3delegadas

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...