Coletiva mostra detalhes da operação Projeto Verão 2020

Um dos maiores eventos de Aracaju está de volta. O Projeto Verão 2020 vai acontecer nos dias 1 e 2 de fevereiro, na Orla da Atalaia, reunindo grandes nomes da música local e nacional, contemplando a diversidade cultural e fortalecendo a economia e o turismo na capital sergipana.

Para uma festa com tamanho dinamismo, a Prefeitura de Aracaju, realizadora do evento, vem se preparando desde o ano passado e, nesta quinta-feira, 30, apresentou, no auditório da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), a operação Projeto Verão 2020, que vai garantir, além de conforto, toda a segurança necessária para receber aracajuanos e turistas.

A Operação, que envolve desde a estrutura dos palcos, passando pela segurança e trânsito dentro e no entorno da festa, até os serviços de apoio à saúde, acessibilidade e limpeza, foi apresentada pelos secretário municipais diretamente envolvidos com a organização do evento.

Segundo o presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Luciano Correia, além do Projeto Verão em si, que conta com patrocínio do Ministério do Turismo, paralelamente, a Prefeitura vai agregar à festa a Arena Criativa, espaços onde serão desenvolvidas diversas atividades durante a manhã e a tarde, e também uma programação esportiva.

“O verão de 2020, em Aracaju, talvez venha a ser o mais movimentado dos últimos anos. Com o Projeto Verão e a Arena Criativa, atraímos o público de diversos seguimentos. Foi preparada uma programação riquíssima, diversificada, para diversas faixas etárias, diversos públicos e com várias atividades agregadas, contemplando a ludicidade, com games, esportes, presença de coletivos, que é uma nova frente que a gente vem dialogando, pessoas que produzem cultura autonomamente, com as feiras criativas, enfim, um projeto com a perspectiva da economia criativa e movimentando a cadeia produtiva de vários setores”, destacou Luciano.

Segurança

Para garantir total segurança do público durante os dois dias de festa, a Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), por intermédio da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) e da Defesa Civil, vai atuar de forma preventiva, por meio da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, e ostensiva, com a GMA e a Polícia Militar do Estado (PM/SE).

Sobre a estrutura física, o secretário municipal da Semdec, Luís Fernando Almeida, informou que há algum tempo, a Prefeitura adotou uma espécie de fiscalização inteligente. “Antes, se montava toda a estrutura e quando chegava no último dia se fazia a vistoria e o que encontrasse de errado tinha-se poucas horas para resolver. A gente vem adotando o acompanhamento dia a dia, e o que precisa ser mudado já é orientado para ser mudado, então, a vistoria final é só de praxe porque já se sabe que está tudo certo e de acordo com as normas”, destacou.

O secretário explicou, ainda, como será feito o trabalho de segurança. “A GMA estará com 160 guardiões espalhados pela área do evento. Além disso, teremos motocicletas intensificando o patrulhamento nos terminais. Teremos também o apoio da PM que vai se dividir em dois turnos. Um turno que vai atuar das 7h às 23h, com 60 policiais, e o outro que vai das 22h às 4h com 130 policiais, ou seja, há um sobreposição e durante uma hora nós teremos 190 policiais atuando. Acreditamos que com isso teremos bastante segurança no evento em si e na periferia dele. Para isso, teremos também a unidade móvel de videomonitoramento, que tem uma câmera de longo alcance, 360°, e dois drones que estarão auxiliando para transmitir as imagens caso precisemos intervir em alguma situação”, detalhou.

Trânsito

Para organizar o fluxo até o evento, a SMTT preparou um esquema de trânsito especial para os dois dias de evento, englobando a organização no local da festa, com alguns bloqueios e acessos alternativos, bem como o transporte público e a disposição de táxis.

“Atuaremos com cerca de 30 agentes de trânsito para trabalhar nesta operação, contando com o suporte de veículos, equipamentos de comunicação e a retaguarda da Central de Monitoramento”, afirmou o superintendente Renato Telles.

Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estará presente na festa por meio das redes de Urgência e Emergência, além das equipes de Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica.

“Teremos um ponto avançado, leitos de estabilização para os casos mais graves e salas de observação para os menos complexos. Contaremos o apoio do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] com duas viaturas – suporte avançado e suporte básico – que farão as transferências dos pacientes de acordo com o grau de complexidade, onde teremos os hospitais de retaguarda Nestor Piva e Fernando Franco para os casos mais simples e moderados, e o Huse [Hospital de Urgência de Sergipe] para os mais graves. A Vigilância Sanitária vai atuar com oito fiscais fazendo a fiscalização de alimentos de acordo com as normas da RDC, e a Epidemiológica fará a parte da prevenção, com a distribuição de preservativos e toda a orientação com relação às doenças sexualmente transmissíveis”, explicou a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.

Limpeza

Responsável pela organização dos ambulantes e por toda a limpeza do local, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) já atuará no local nesta sexta-feira, 31, como ressaltou o presidente da empresa, Luiz Roberto Dantas.

“Tivemos 245 ambulantes inscritos, fizemos o sorteio mais por posicionamento porque todos irão participar do evento. Já na sexta, estaremos presentes organizando toda a limpeza. Durante e depois de cada evento, no sábado e no domingo, cerca de 300 agentes atuarão na limpeza. A máquina saneadora ficará permanentemente nos três dias nas praias, 110 contêineres espalhados, principalmente pela Orla da Atalaia, duas pás carregadeiras, dois caminhões coletores e uma caixa estacionária de 30 m³, justamente para atender as demandas, ou seja, contamos com equipamentos e recursos humanos para dar todo o aparato”, salientou Luiz Roberto.

Camarote da Acessibilidade

Para garantir a inclusão de Pessoas com Deficiência e mobilidade reduzida, a Prefeitura de Aracaju montou, em uma área privilegiada da festa, o Camarote da Acessibilidade, organizado pela Secretaria Municipal da Assistência Social.

“Pensamos sempre na inclusão, nas pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, assim como nos idosos que também incluímos nesse contexto. O Camarote terá capacidade para 80 pessoas e nesse momento de festividade, estaremos com toda a equipe para garantir a inclusão. O local oferece todo o conforto e comodidade, com rampa de acesso toda emborrachada, banheiros químicos e pulseiras para identificação”, pontuou a secretária da Assistência Social, Simone Santana.

A secretária chamou a atenção para mais um serviço ofertado pela Assistência, o mesmo que foi garantido durante o Forró Caju, no ano passado.

“Faremos o transporte de pessoas com deficiência. Com o auxílio do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência iremos estaremos à disposição desse público e, os interessados, podem entrar em contato e nós reservaremos o transporte para buscar essas pessoas em casa e, ao final do evento, deixá-las com segurança em suas residências. Foi mais uma forma que encontramos para não deixar ninguém de fora, principalmente os que têm dificuldade de locomoção”, completou a secretária.

Turismo

Com o retorno do Projeto Verão ao calendário de eventos da capital, ganha o aracajuano, ganha a economia e o turismo de Aracaju, movimentando, assim diversos seguimentos. À frente da divulgação está a Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo.

“Realizamos previamente um trabalho de divulgação desde o ano passado, como o trade turístico gosta porque, assim, temos tempo para atrair mais pessoas à nossa capital. Fizemos esse trabalho fora de Aracaju, nas feiras em que participamos, e estamos fazendo também na cidade, como no aeroporto, em restaurantes, na rede hoteleira, na Orla Pôr do Sol. Todo o trabalho foi pensado para aquecer a economia, aumentar postos de trabalho e, claro, mostrar a nossa cidade com o que ela tem de melhor”, frisou o secretário Marlysson Magalhães.

Programação paralela

Paralela ao Projeto Verão, a Arena Criativa vai disponibilizar à população uma gama de atividades na Passarela do Caranguejo, das 9h às 22h, além da programação esportiva que será desenvolvida na Cinelância, na Praia da Aracaju (Havanna Beach Bar), das 9h às 12h, e na Orla Pôr do Sol, das 8h às 10h.

“Serão realizadas clínicas e oficinas, não competições para atletas, então, todos poderão participar, como uma forma democrática de ofertar a prática esportiva à população. Não será preciso inscrição para participar, basta chegar”, ressaltou Sérgio Thiessen.

 

Fonte: Diretora de Imprensa Secretaria Municipal da Comunicação/Prefeitura de Aracaju

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: