CORONAVIRUS : SSP de Sergipe vai investigar jovens que tiraram fotos em área proibida pela Adema

Enquanto o mundo luta contra a pandemia do coronavírus “COVI-19”, um grupo de jovens em Aracaju desafia o perigo e desobedecem as determinações e proibições das autoridades sergipanas. Foi o que ficou demonstrado em algumas fotografias que circularam nas redes sociais no Estado de Sergipe, neste sábado, dia 11 de Abril de 2020.

É possível vê o grupo composto de rapazes e moças em fotos na praia de Atalaia recentemente interditada pela Administração do Meio Ambiente de Sergipe (Adema). Algumas dessas fotos são possíveis observar quando eles ridicularizam placas de sinalizações da Adema distribuídas ao longo da faixa de areia e que informam a interdição da praia, em decorrência das medidas tomadas no sentindo de evitar a proliferação da Covid-19.

Em pelo menos duas fotos há legendas que dizem: “obedientes que somos” e “gostamos do proibido”. Com esta atitude induz a outras pessoas a saírem da quarentena e vai de encontro do que é recomendado pelo Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Vale ressaltar que o crime contra a saúde pública, previsto no artigo 268 do CP, a infração de qualquer medida sanitária preventiva de doenças contagiosas. O infrator pode ser punido com detenção de um mês à um ano de prisão e multa.

Além de crime contra a saúde pública, o ato de desobedecer a ordem legal de funcionário público, como regras relativas à quarentena ou fechamento de estabelecimento, pode, de maneira mais genérica, configurar crime de desobediência, previsto no artigo 330 do CP e punido com pena de detenção, de 15 dias a dois anos.

O secretário da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), João Eloy de Menezes, determinou que a Polícia Civil de Sergipe instaurasse um procedimento investigativo para apurar fotografias que circulam nas redes sociais e mostravam esses jovens na praia interditada pela Adema.

Parte do trabalho já foi iniciado e o resultado, já aponta a identificação de alguns dos envolvidos e os mesmos serão intimados para prestar esclarecimentos à Polícia Civil de Sergipe.

A qualquer momento, mais informações.

Por: www.imprensa1.com

Fonte: SSP/SE e Redes Sociais

Fotos: Redes Sociais e Google

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: