Dados de presos em Sergipe serão com partilhados entre SSP e Sejuc

Mendonça Prado-Secretario Mendaonça Prado-Um banco de dados atualizado com informações compartilhadas entre diversos órgãos contendo registros sobre a trajetória criminal e características de cada pessoa que for presa. Esse é o produto final que resultará da assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Secretaria de Justiça e de Defesa ao Consumidor na manhã dessa quinta-feira, dia 17.

Com o objetivo de reestruturar e compartilhar dados sobre a população carcerária de Sergipe, a ação será desenvolvida por profissionais da área de informática das duas Secretarias, otimizando o Sistema de Administração Penitenciária (SAP) já existente.

“Hoje estamos em um ato que visa a modernização de dois sistemas: o de segurança pública e o prisional. É importante o Estado trabalhar com suas diversas áreas integradas, com seus órgãos de forma coesa, de maneira a atender os anseios da nossa população. Teremos à disposição ferramentas tecnológicas que permitam consultas imediatas para facilitar as atividades desenvolvidas também pela Secretaria de Segurança Pública”, destacou Mendonça Prado, secretário de Segurança Pública.

Mendonça Prado-Secretario Mendaonça Prado--Além de proporcionar mais agilidade e informações aos gestores penitenciários, o banco de dados propiciará mais economia aos cofres públicos. Outro ponto a acrescentar é a possibilidade de registrar as principais características do interno, a exemplo de cicatrizes e tatuagens; tipo sanguíneo, histórico domiciliar e criminal, entre outras características inerentes a cada pessoa presa.

“A Sejuc tinha o SAP, uma grande ideia que no passado foi fruto de prêmios nacionais. Entretanto, agora a SSP dará amplitude e modernidade a esse trabalho. O Estado todo está sendo beneficiado. As autoridades policiais terão um perfil completo de todo o histórico de cada preso, os processos pelos quais responde, se é apenado e a progressão de sua pena. Teremos as passagens dele pelas Delegacias. O Tribunal de Justiça também alimentará esse sistema em um segundo momento”, destacou Antônio Hora Filho, secretário de estado da Justiça e de Defesa ao Consumidor.

Na prática, a inserção rotineira de dados atualizados sobre a população carcerária de Sergipe fará com que as Polícias, Ministério Público, Tribunal de Justiça e presídios sergipanos estejam integradas no compartilhamento de informações, situação que tem reflexo direto na segurança da sociedade.

Reprodução: www.imprensa1.com.br

Foto: Imprensa1

Por Ascom SSP/SE

 

 

 

Vanessa Franco

Assessora de Imprensa

Mendonça Prado – Sec. de Segurança Pública

(79) 8806-9299 / (79) 3216-5408

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: