Deputada Ana Lúcia usa a tribuna da ALESE para agradecer e reafirmar compromisso

Ana Lucia-pronunciamento-ALESE-m
Deputada Ana Lúcia reafirma compromisso

A deputada estadual Ana Lúcia, reeleita com 26.334 votos no último domingo, 5 de outubro, ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para reafirmar seu compromisso com a população sergipana de continuar construindo um mandato democrático e popular.

“Fica aqui nosso compromisso de permanecer sendo um mandato construído com as organizações sociais, um mandato de luta, um mandato que aprofunda no campo da defesa de direitos da população, da articulação política e da luta social para que um dia possamos viver uma sociedade que tenha justiça e igualdade social, na qual os preconceitos sejam superados e na qual a política não seja um negócio”, reafirmou com convicção a deputada.

Ana Lúcia também agradeceu a confiança da população de Sergipe, de uma forma especial a toda a militância socialista do estado, aos operários, professores, funcionários públicos, juventude e a diversas categorias profissionais que, junto com ela, construíram sua campanha militante. Ela agradeceu, em especial, a Central Única dos Trabalhadores e a todos os sindicatos que apoiaram sua candidatura.

“Meu muito obrigada a todos aqueles que acreditam que é na organização, na luta e no exercício da cidadania que nós vamos avançar na conquista de direitos e na democracia desse país”, agradeceu. E completou reafirmando o caráter coletivo do fazer político dentro de sua agremiação: “Nossa vitória é coletiva, assim como é nosso mandato e nosso projeto de sociedade”, apontou.

É preciso mudar a política para mudar a vida do povo

Ao avaliar brevemente o cenário das eleições, Ana Lúcia reafirmou seu compromisso com a luta em defesa da reforma política, a fim de que a política seja, de fato, prestação de serviço ao povo e signifique o avanço da democracia e dos direitos sociais.

Ela criticou a mercantilização do fazer político, em que os candidatos são financiados por grandes empresas, que investem milhões em candidaturas cada vez mais atreladas ao capital. “A política não pode continuar sendo ser tratada como uma mercadoria e como um grande negócio como aconteceu nesta eleição. Ou a gente faz uma reforma política neste país, ou a concentração de riqueza aumenta”, opinou.

Disputa de dois projetos

Ana Lúcia destacou ainda que, a partir de hoje, tem início mais uma disputa, polarizada em dois projetos: um que representa o retorno no Brasil às mãos da elite conservadora, que sempre dominou nosso país, e o outro que representa a continuidade das mudanças sociais que vêm alavancando o Brasil social e economicamente.

“Tenho a confiança na população sergipana e na população brasileira que vem vivenciado as mudanças proporcionadas pelos governos populares de Lula e Dilma. Acredito que a nossa companheira Dilma será reconduzida à presidência do nosso país para, não apenas consolidar o projeto que já está em curso, mas para avançarmos muito mais”, declarou.

Por: DÉBORA MELO

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: