Deputados pedem vacinas para diversas categorias

146
Foto: Jadilson Simões

Os deputados estaduais vêm aprovando indicações reivindicando a inclusão de categorias nos grupos prioritários para a vacinação contra a covid-19 em Sergipe, a exemplo de policiais, professores, garis, coveiros, assistentes sociais e conselheiros tutelares. Na sessão mista desta terça-feira, 15, foram aprovadas proposituras de autoria de Ibrain Monteiro (PSC), Luciano Pimentel (PSB) e Diná Almeida (PODE).

Na Indicação nº 234/2021, o deputado Ibrain solicita ao Governo do Estado, que viabilize a inclusão no rol da segunda etapa prioritária de vacinação contra a covid-19, os jornalistas, em virtude da exposição diária que os profissionais sofrem. “Esse é um fato que comprova o crescente número de casos entre os profissionais da Imprensa”, destaca o parlamentar na propositura.

Na Indicação nº 235/2021, Luciano Pimentel solicita ao Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Saúde, a inclusão dos profissionais de instituições financeira (bancos e casas lotéricas) no grupo de prioridade para a vacinação contra a covid-19. “A medida visa salvaguardar os profissionais que necessitam, em detrimento de suas funções, manter-se em exercício essencial de suas atividades, de forma a expor o profissional a sérios riscos de contaminação, uma vez que há contato presencial diariamente com clientes”, justifica o deputado na proposta acrescentando que de acordo com estatísticas, agências foram fechadas pelo alto número de colaboradores infectados.

E na Indicação nº 242/2021, Diná solicita ao Governo do Estado que viabilize a determinação das medidas necessárias no Plano Estadual de Imunização para incluir os conselheiros tutelares no grupo prioritário  da vacinação contra a covid-19, diante dos riscos de contaminação que os profissionais são expostos no exercício da profissão. “Os conselheiros tutelares continuam desenvolvendo suas atividades, atendendo denúncias, reivindicações e reclamações feitas sobre situações envolvendo crianças e adolescentes”, destaca o texto da indicação.

Por: Aldaci de Souza/Ascom

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: