Detentos do COMPAJAF fazem rebelião com reféns por causa de transferências

No início da manhã desta terça-feira, dia 11, seis detentos do Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho (COMPAJAF) localizado no Bairro Santa Maria , zona sul de Aracaju, realizaram uma rebelião pegando sete funcionários de reféns e pleitearam  transferências para outro presídio. Na ocorrência, dois dos sete servidores ficaram levemente feridos e após serem soltos, foram levados para um hospital.

De acordo com as primeiras informações, por volta das 08h30 da manhã, os detentos estavam na enfermaria e se preparavam para participar de uma vídeo-chamada, quando houve a rebelião e entre os sete trabalhadores, uma assistente social e uma psicóloga foram rendidas pelo bando.

Os policiais do Batalhão de Choque da PM, Grupo Especial Tático Aéreo (GTA), o COE, Policiais do 1º Batalhão, GOPE e Policiais da Secretaria de Justiça de Sergipe (SEJUC), chegaram rápido ao local e diante algumas negociações conseguiram convencer os internos a liberar os feridos que logo depois, foram levados para um hospital.

Vale ressaltar, que os detentos estão armados com facas e pedaços de ferro, armas que estão sendo usadas para ameaçar de morte os outros cinco reféns e pressionar as autoridades.

O que chama atenção que um dos organizadores deste motim já foi apenado a mais de 240 anos de prisão. E as negociações já ultrapassaram das oitos horas de diálogos.

Porque até as 16h30,  situação era a mesma.

Mas, por voltas  das 21h30, os detentos se renderam e os reféns foram liberados . Leia mais  aqui!.

Por: www.imprensa1.com

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: