DHPP elucida morte motorista de aplicativo encontrado morto na mala veículo

Quatro adolescentes foram apreendidos pelo crime que ocorreu em maio

Foto: SSP/SE

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o crime que vitimou o motorista de aplicativo Albert Alves dos Santos, encontrado morto dentro da mala do próprio veículo no dia 22 de maio deste ano. Os autores da investida criminosa são quatro adolescentes que foram indiciados pelo homicídio.

Segundo a delegada Juliana Alcoforado, a vítima estava desaparecida desde o dia anterior e foi encontrada numa região com incidência de roubos a motoristas de aplicativo. “Ele havia desaparecido desde a noite anterior, no dia 21, quando a família fez o último contato com ele”, informou.

“A vítima foi encontrada no conjunto Almirante Tamandaré, que é uma região onde existe um grupo de pessoas já habituadas a fazer assaltos contra profissionais que trabalham por aplicativo. Nós já vínhamos investigando algumas dessas pessoas pelas práticas de outras infrações”, destacou a delegada.

Envolvidos nas investidas criminosas contra os profissionais já vinham sendo investigados pela Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) e pela Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). A informação inicial era de que três suspeitos, sendo dois adultos e um adolescente teriam praticado o crime que vitimou Albert.

Mas, conforme revelou Juliana Alcoforado, a investigação teve uma reviravolta e o DHPP identificou os autores do crime. “Um detalhe da investigação nos chamou a atenção para a possibilidade de que adolescentes tivessem praticado o crime ao invés dos dois adultos, que tinham sido identificados. Mantivemos a investigação até que tivemos certeza”, ressaltou.

Os adultos foram indiciados pela prática de outros crimes, inclusive o do motorista que teve o rosto esfaqueado. Esse caso já havia sido solucionado pela DRFV. Os adolescentes que praticaram o crime que vitimou o motorista Albert já possuíam ficha criminal. Eles foram apreendidos e encontram-se à disposição da Justiça.

Com Informações: SSP/SE

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...