Diretores das DREs elaboram metas para a educação na Semana de Planejamento Estratégico

SEED1-Pllanejamrnto-estrategico---12.04Diretores das regionais de educação e técnicos da Secretaria de Estado da Educação estão participando nesta terça-feira, 12, do segundo dia da Semana de Planejamento Estratégico. O encontro está sendo realizado no auditório do Centro de Educação Profissional José Figueiredo Barreto e conta com a participação do secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas, que informou que as reuniões serão realizadas também no interior do estado.

SEED3--Pllanejamrnto-estrategico---12.04“A partir de maio daremos continuidade com os encontros nas diretorias regionais de educação. É a secretaria indo ao encontro dos diretores no interior para estabelecer metas visando à melhoria dos nossos índices educacionais”, afirmou. Comandado pelo consultor João Batista dos Mares Guia, o encontro de hoje teve como objetivo a realização de atividades em grupo com o intuito de concluir as metas do estado de Sergipe em relação à educação básica para o período de 2011 a 2021. Além disso, os diretores também vão elaborar o Pacto Sergipe Pela Educação Básica. “É importante que esse pacto seja liderado pelo governador do estado com a colaboração do secretário de estado da educação, envolvendo também o mundo empresarial, universidades, Ministério Público e outras instituições. É necessário mobilizar a sociedade para que se leve a uma melhoria na qualidade da educação”, disse.

SEED2-Pllanejamrnto-estrategico---12.04As diversas propostas de metas e ações foram escritas em cartazes e afixadas na parede para que os diversos grupos pudessem fazer análises, reflexões e chegar a um senso comum. Estratégias Ainda de acordo com o professor João Batista dos Mares Guia, algumas propostas serão lançadas durante o encontro a fim de que sejam elaboradas metas e planos de ações. Uma delas é a profissionalização da gestão educacional, na qual os dirigentes das unidades de ensino sejam pessoas com qualificação adequada para o cargo. Outra estratégia é fazer com que todas as escolas públicas de Sergipe, com o acompanhamento do Ministério Público e dos pais de alunos, cumpram 200 dias letivos e 800 horas/aula por ano. Além disso, segundo o consultor, há uma outra proposta de identificar em cada escola do estado os alunos mais socialmente vulneráveis e criar mecanismos para que eles possam frequentar a escola por pelo menos 32 horas semanais. Importância A secretária adjunta da educação, professora Hortência Araújo, também destacou a importância dos encontros. “Essas reuniões visam oportunizar aos técnicos das áreas administrativas e diretores da Seed e das DREs definir as ações que a Seed precisa realizar, além de redirecionar suas ações com o objetivo de melhorar a qualidade da educação oferecida pela rede estadual de ensino”, disse.

A diretora da DRE-4, Adriana Silva de Oliveira, também ressaltou a necessidade de se fazer esses debates. “Aqui estamos reunindo vários departamentos diferentes, e nessas avaliações em grupo é importante focar o que nós podemos fazer para melhorar o nosso trabalho, buscar alternativas e depois colocarmos em prática tudo o que discutimos aqui”, explicou.A mesma opinião foi compartilhada pelo diretor da Assessoria de Planejamento (Asplan/Seed), Evandro Barbosa Dias. “A definição de metas permite à Secretaria desenvolver o acompanhamento e avaliação das ações definidas no Planejamento Estratégico.

Isso possibilita que a Seed execute ações que permitam melhorias nos resultados educacionais”, disse. Programação Os encontros da Semana de Planejamento Estratégico continuam na quarta e quinta-feira, com a realização do curso-oficina abordando a temática “Escola como ambiente de aprendizagem e compromissos de gestão”, direcionado ao secretário, assessores e diretores das escolas da DRE 8.

Já na sexta-feira, 15, dia do encerramento, os participantes se reunirão para fazer uma avaliação dos encontros, além da análise do banco de dados da Seed, consolidação de sugestões e avaliação da proposta de elaboração do Pacto de Sergipe pela Educação. A mesma opinião foi compartilhada pelo diretor da Assessoria de Planejamento (Asplan/Seed), Evandro Barbosa Dias. “A definição de metas permite à Secretaria desenvolver o acompanhamento e avaliação das ações definidas no Planejamento Estratégico. Isso possibilita que a Seed execute ações que permitam melhorias nos resultados educacionais”, disse.

Por: Assessoria de Comunicação da SEED – ASCOM www.seed.se.gov.br 3179-8843 ou 3179-8845

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: