Em novo decreto, Prefeitura de Aracaju segue modelo de reabertura do Estado

A Prefeitura de Aracaju estabeleceu, na manhã desta quarta-feira, 24, as novas medidas para o enfrentamento ao coronavírus na capital. O novo decreto, definido em mais uma reunião entre o prefeito Edvaldo Nogueira e os membros do Comitê de Operações Emergenciais (COE), mantém as determinações para o distanciamento social, ao mesmo tempo em que se adequa ao plano de retomada econômica, estabelecido pelo Governo do Estado, e cuja primeira fase se inicia na segunda-feira, 29.

Continua em vigor a suspensão do funcionamento de academias, teatros, cinemas, shoppings centers, casa de shows, bares, assim como a realização de eventos e atividades em parques, praias e demais áreas de lazer da cidade. O pacote de medidas também mantém o uso obrigatório de máscaras pela população em locais públicos, a redução da frota do transporte público e a suspensão das aulas em toda a rede de ensino, até o dia 30 de junho. A frota de transporte público coletivo será regulamentada pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), para atender a nova demanda de passageiros.

Nesta primeira fase de flexibilização, definida como ‘bandeira laranja’, em conformidade com o decreto estadual, estão autorizados a retornar às atividades, a partir de 29 de junho, demais escritórios de prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade e agências de viagem, entre outros); clínicas e consultórios de odontologia, fisioterapia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e podologia. Também estão permitidos operadores turísticos; atividades de treinamento de desporto profissional e alguns setores do comércio (cosméticos, perfumaria e higiene pessoal, material de escritório e papelaria). Estacionamentos privados também voltarão a funcionar na capital. Todos os estabelecimentos deverão funcionar em horário especial, das 9h às 16h.

“Discutimos mais uma vez o processo de reabertura da economia em nossa cidade, com base no decreto que foi emitido pelo Governo do Estado. Compatibilizando as determinações, estabelecemos que, a partir do dia 29, mais uma parcela dos setores poderão retornar às atividades, adotando todas as medidas de segurança e em horário diferenciado, das 9h às 16h. Todas as decisões foram adotadas com base na ciência, em estudos, e este é mais um passo dentro do processo lento e gradual de retomada da economia”, destacou Edvaldo.

Já a reabertura de barbearias, salões de beleza e templos religiosos, com 30% da capacidade, será reavaliada no próximo dia 30 pelo governo estadual, em virtude da baixa adesão ao isolamento social (atualmente em 39,7%), dos índices elevados de casos confirmados de covid-19 e de ocupação dos leitos de retaguarda e UTI’s. A decisão é válida não somente para a capital, mas para todos os municípios que compõem a Grande Aracaju.

Desde o último dia 18 já estavam autorizados a funcionar escritórios de engenharia e arquitetura, concessionárias de veículos, imobiliárias, comércio de eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, equipamentos de áudio e vídeo, além de lojas de móveis e colchões.

 

Fonte: AAN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: