Emmanuel diz que prefeito está devendo aos agentes de saúde

EmmanuelNa Sessão Plenária desta terça-feira, 2/9, o vereador Emmanuel Nascimento (PT) cobrou que o prefeito João Alves Filho (DEM), pague o piso salarial dos agentes de saúde. Emmanuel informou que a lei que reajusta o piso foi aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT), e o prefeito tem descumprido a lei.

“O prefeito de Aracaju está devendo aos servidores, ele precisa pagar. Se é lei, ele tem que cumprir”, cobrou. O parlamentar pontuou que o prefeito fez uma reunião na última segunda 1º/9, dizendo que quer melhorar a saúde. “Mas como melhorar se ele não está dando condições para os agentes de saúde trabalhar? Inclusive existe falta de equipamentos e vestuários. Não podia deixar de me solidarizar com os agentes de saúde, já votei aqui para regularizar a situação, para que a prefeitura pagasse a insalubridade, já votei na lei para o agente de saúde ter um dia dedicado a ele no calendário municipal. Dessa forma, fica claro que no meu mandato sempre estou a favor dessa categoria”, destacou.

Ainda segundo Emmanuel, a Câmara aprovou uma lei para que os profissionais tivessem uma efetivação legal, segura e garantida. “Hoje, faço esse apelo e essa reivindicação ao Poder Executivo Municipal em nome do povo de Aracaju, para que a administração municipal pague o que está devendo, está na lei, tem que pagar. O governo municipal diz que quer melhorar a saúde, mas parece que se esqueceu dessa categoria, a prefeitura está dando as costas para quem trabalha. A prefeitura está pisando no piso dos servidores. Pague o piso que é lei”,concluiu Emmanuel.

Da Assessoria do parlamentar

Foto: Acrisio Siqueira

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: