Estado estende prazo que permissionários continuem no Terminal da Rodoviária Velha

Os 53 permissionários dos boxes do Terminal Rodoviário Luiz Garcia, no centro da capital sergipana, tiveram o pleito atendido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), tendo a partir desta sexta-feira(02), 91 dias para a entrega das chaves dos espaços locados. Em reunião realizada na manhã dessa sexta-feira, o secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, anunciou aos representantes da Associação dos Permissionários e Locatários do Terminal Luiz Garcia e de três cooperativas de transporte alternativo, sobre o adiamento da desocupação dos espaços, para que seja iniciada a reforma.

“Com a assinatura da ordem de serviço para o início das obras de revitalização, a Sedurbs concedeu o prazo de 30 dias para que os permissionários entregassem as chaves dos espaços até o dia 10 de outubro. Em 18 de setembro, recebemos um abaixo assinado dos locatários solicitando uma extensão do prazo, uma vez que em razão da pandemia, a movimentação de passageiros no terminal diminuiu e, a diminuição nas vendas foi muito grande”, explicou.

O secretário relatou ter levado o pleito ao Executivo Estadual, a necessidade de solicitar ao BNDES o adiamento para a entrega das chaves e o início da reforma. “O governador Belivaldo Chagas se mostrou sensível e considerou justo o pleito e as justificativas dos permissionários e das cooperativas para que a entrega dos espaços fosse prorrogada, e nos delegou apresentar ao BNDES a importância do pedido, bem como a readequação de datas. A princípio, os executivos do Banco se mostraram irredutíveis, porém, no início desta semana sinalizou positivamente para que fizéssemos essa concessão no prazo”, declarou.

Ubirajara Barreto anunciou a decisão do banco à Associação dos Permissionários, e, em discussão com os representantes, estipulou um novo prazo para a entrega das chaves.  “Chegamos a um comum acordo, e fechamos a decisão na qual os permissionários assinaram um termo de compromisso, no qual se comprometem a entregarem os espaços no dia 03 de janeiro de 2021, sem qualquer resistência ou pedido de prorrogação, de modo que eles terão pouco mais de 90 dias para se organizarem”, ressaltou.

Locatária de um dos espaços no terminal, e secretária da associação de permissionários, Maria Luzinete Santana, se mostrou satisfeita com o anúncio da prorrogação. “Nós que já estamos lá há muito tempo, sabíamos que uma hora ou outra a reforma que se faz necessário, iria chegar, e, de certa forma já vínhamos nos preparando para isso. Fogos pegos de surpresa pelo curto prazo dado inicialmente para a nossa saída, porém, estamos gratos pela sensibilidade do governador em nos conceder esse prazo a mais e ao secretário Ubirajara pelo empenho na condução de todo o trâmite. Até a entrega definitiva em janeiro, poderemos nos organizar e cumprir todos os pagamentos e obrigações”, declarou.

Presidente da Cooperativa de Transporte Alternativo, Via Norte, José dos Santos, avalia a prorrogação como uma luz no fim do túnel. “A situação das cooperativas não está fácil, mas essa ação da Sedurbs é um sinal de melhoria para nós das cooperativas Coopertalse, Coopetaju e Via Norte, haja visto que temos um secretário empenhado e preocupado com os transportadores. Estamos tendo reuniões e dentro do prazo estipulado pela Sedurbs, apresentaremos um plano de logística operacional para as nossas linhas, uma vez que com o início da reforma não poderemos operar naquele espaço”, afirmou.

O projeto de revitalização do Terminal Rodoviário Governador Luiz Garcia tem investimentos de R$ 6.002.022,43, oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES. Os recursos para a reforma correspondem a uma colaboração financeira não reembolsável, a custo zero para o Estado, e são provenientes do Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização – FRD, gerido pelo BNDES e aplicado em municípios de influência da Vale. A reforma tem prazo de um ano para a execução e, quando concluída, milhares de usuários do transporte público intermunicipal que nele circulam diariamente terão, ao seu dispor, um espaço confortável, com mobilidade, seguro e adequado para embarque e desembarque, bem como para aguardar tranquilamente o momento de suas viagens, livres de tumulto e longas filas.

Fonte: ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: