Fisco vai paralisar atividades e participará do ato dos servidores

Os auditores e auditoras de tributos da Secretaria da Fazenda de Sergipe (Sefaz) farão paralisação de advertência, por 24, nesta quarta-feira, dia 2, a partir da zero. A categoria também fará parte dos protestos do Movimento dos Trabalhadores do Serviço Público Estadual.  A concentração do protesto será às 08h, em frente ao Palácio de Despacho.

O movimento com 23 categorias do serviço público foi criado para pressionar o governo no atendimento de uma pauta unificada que abrange cinco itens gerais: cumprimento dos acordos dos Planos de Cargos e Salários (PCCVs) e subsídios; reposição inflacionária, piso dos professores; transparência nas contas públicas e contra o parcelamento dos salários dos servidores.

Operação Parcelamento

“A nossa categoria está firme e vem realizando a ‘Operação Parcelamento’ até que o governo pague integralmente os nossos salários. Não podemos nos calar diante dessa prática neoliberal do governo estadual de tentar soluções problemas da administração jogando o peso das dificuldades exclusivamente nas costas do setor mais frágil, os trabalhadores dos serviços públicos estaduais”, protesta o presidente do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco), Paulo Pedroza.

Cobrança

No protesto desta quarta, os sindicatos voltarão a cobrar do governo estadual o funcionamento do Grupo de Trabalho, com representantes de sindicalistas e de técnicos da Sefaz. “A promessa de formar esse grupo para destrinchar as finanças públicas foi do vice-governador Belivaldo Chagas, durante a retomada da mesa de negociações, no dia 4 do mês passado. O governo está com a prática de descumprir acordados realizados com os servidores”, afirma Pedroza.

O Movimento dos Trabalhadores do Serviço Público reúne as centrais sindicais CTB, CUT e Nova Central Sindical, além dos sindicatos Sindifisco, Sintasa, Sindipen, Sindconam, Sinpol, Sintrase, Seese, Sinpsi, Sindimed, Adepol, STERTs, Senge, Sinter/SE, Sindijor, Sindijus, Sintese, Sindetran, Sindasse, Sindisan, Sinditic, Sindinutrise e Sintradispense.

Por Déa Jacobina Ascom Sindifisco

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: