Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Fred sai do banco e salva Brasil de virada histórica para o Paraguai

0_f8392688-4c67-3830-b209-8c04c21da007O Brasil voltou a jogar mal, cometeu falhas bisonhas no ponto mais forte da equipe na era Mano Menezes – a defesa – e só não perdeu de virada para o Paraguai nste domingo graças a um gol de Fred, que saiu do banco de reservas, aos 44 minutos da segunda etapa.O jogo foi disputado no estádio Mario Kempes, em Córdoba, e válido pela segunda rodada do grupo B da Copa América.

Agora, a seleção brasileira fecha a sua participação na primeira fase da competição na próxima quarta-feira, dia 13, diante do Equador às 21h45 (horário de Brasília), outra vez no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba. Um pouco antes, às 19h15, o Paraguai duela com a Venezuela na arena Padre Ernesto Martearena, em Salta.

O jogo

A partida começou com o Paraguai em cima do Brasil e com duas ótimas chances de gol ainda antes dos três  minutos completos de bola rolando. Na primeira, Estigarribia bateu cruzado da esquerda para boa defesa de Júlio César; na segunda, Roque Santa Cruz recebeu ótima bola já dentro da área brasileira e bateu por cima, levantando a torcida de seu país.

A partir daí muitas faltas e jogo truncado, com a primeira chance do time de Mano Menezes, longe de ser clara, vindo de lançamento direto do zagueiro Thiago Silva, aos 13, para Pato, que correu, mas viu o goleiro Villar chegar primeiro e ficar com a bola. Estigarribia ignorava a marcação de Daniel Alves e era a principal fonte de ataque dos paraguaios, sempre pela esquerda. Por isso, Mano pediu para que Ramires passasse a ajudar o atleta do Barcelona na contenção.

Foi apenas aos 21 minutos que a seleção brasileira teve ótima chance de gol, com Pato. Após jogada de toques rápidos, Paulo Henrique Ganso passou para Jádson, que deu para o atacante do Milan invadir a área sozinho, mas errar na tentativa de passar pelo goleiro Villar, que conseguiu abafar a concusão e mandar para escanteio. O mesmo não resultou em nada.

O Paraguai ainda teve outra boa chegada ao ataque aos 29, com Aureliano Torres chutando da intermediária esquerda, mas mandando longe de Júlio César. A torcida brasileira, impaciente e irritada com o futebol até então apresentado, xingou Pato, gritou o nome de Kaká e depois ainda pediu o são-paulino Lucas por duas vezes, mas passaria a apoiar a equipe a partir dos 39 minutos.

Após jogada que deu errada pela esquerda com André Santos, Ramires e Neymar disputaram a bola com a marcação adversária. A mesma sobrou para Paulo Henrique Ganso, que meteu ótima bola para Jádson, que ainda fora da área arrematou no canto direito do gol, sem chances para Villar. Brilhava a estrela de Mano, que escalou o atleta no lugar de Robinho. Aos 44, Daniel Alves ainda arriscou de fora da área, mas o chute saiu fraco e facilitou a defesa do arqueiro rival.

A segunda etapa começou com a entrada de Elano no lugar justamente do autor do gol, Jádson, aparentemente por conta de já ter um cartão amarelo. Aos nove minutos, Robinho recebeu de Pato na esquerda do ataque, trouxe para dentro e bateu longe do gol de Villar.

O castigo viria na jogada seguinte do Paraguai. Estigarribia, sempre ele, avançou pela esquerda e cruzou rasteiro, Thiago Silva falhou na tentativa de cortar, e a bola sobrou para Roque Santa Cruz, livre, só tirar de Júlio César e empatar o jogo. Aos 12, Gerardo martino tirou Barrios e colocou Valdez.

Aos 20, Paulo Henrique Ganso mais uma vez acertou belo passe e deixou Neymar livre na cara de Villar. Mas o santista demorou para concluir e chutou em cima do arqueiro. Outra vez o castigo viria na sequência, com a virada paraguaia. Daniel Alves falhou feio dentro da área, a bola ficou com Roque Santa Cruz que tocou de lado e achou Valdez livre. Ele bateu, a bola repicou em Júlio César, bateu no atacante e foi para as redes, para loucura da torcida paraguaia. Aos 25, Mano sacou Ramires e colocou Lucas.

Fonte: Jean Pereira Santos, de Córdoba (Argentina) ESPN.COM.BR

Foto: Reprodução ESPN

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...