Governador Jackson Barreto se emociona ao reinaugurar escola de sua infância

n9062_4Na manhã desta quarta-feira, dia 22, foi um dia de festa para os alunos e professores da Escola Estadual Dr. Manoel Luiz, em Aracaju.

Após as extensas obras, o governador Jackson Barreto inaugurou a reforma e ampliação da unidade de ensino, que preservou a arquitetura histórica e ao mesmo tempo, modernizou o prédio.

O governador se mostrou bastante emocionado, pois ele próprio foi aluno da Escola Manuel Luiz, e sua mãe, professora Neuzice Barreto Lima, foi professora e também diretora da escola.

“Estou muito feliz e emocionado, pois aqui foi a escola onde estudei as minhas primeiras letras, meu curso primário. Estou feliz de ver uma obra como esta, uma arquitetura belíssima do século passado, que me traz boas recordações dos colegas, salas de aula, professores, funcionários, até da diretoria, onde ficávamos de castigo. Este é mais um resultado do compromisso com a educação”, expôs.

O secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, destacou que este é um dos edifícios escolares mais antigos da cidade de Aracaju em funcionamento, tendo sido construído em 1926.

“Agora está sendo entregue reformada e os alunos vão contar com novas funcionalidades tecnológicas, como a rede wifi disponível em toda a escola, lousa digital e em breve, a partir de junho, será a primeira escola da cidade de Aracaju a contar com Diário de Classe Eletrônica. Aqui não havia acessibilidade, agora temos rampas que darão aos cadeirantes e demais portadores de deficiência, as condições para que tenham livre acesso a todas as áreas da escola”, afirmou.

Jorge Carvalho ainda relembrou que esta obra vem sendo realizada desde a gestão do ex-secretário de Educação e atual vice-governador do estado e chefe da Casa Civil, Belivaldo Chagas.

“Presto aqui uma homenagem especial ao vice-governador Belivaldo Chagas, que na condição de secretário da Educação, durante a gestão do governador Marcelo Déda, empreendeu a reforma de mais de 100 escolas em Sergipe. Esta obra é uma das iniciativas tomadas por Belivaldo Chagas e que agora está se frutificando”, declarou.

Novo prédio

Alunos, professores e comunidade escolar se mostraram satisfeitos com o novo prédio. A diretora da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA), Nádia Cardoso, afirmou que o Manuel Luiz funciona em um prédio que faz parte da história da educação e do desenvolvimento de Aracaju.

“Resgata e traz aos alunos o respeito aos prédios antigos, que passaram por outras gerações, e ao mesmo tempo, agora está modernizado, uma nova roupagem, com mais recursos tecnológicos para os alunos. Estamos felizes, sabendo que traremos bons resultados com isso”, disse.

O diretor do colégio, João César de Oliveira Ribeiro, também se mostrou satisfeito com a nova escola. “Essa é uma reforma que demorou, mas finalmente aconteceu. Uma reforma geral, todas as partes que estavam deterioradas foram renovadas, com ampliação, sala de informática completa com 18 computadores, biblioteca moderna. Para os alunos e professores é um marco”, afirmou. Ele lembrou ainda que a Escola Manual Luiz atende aproximadamente 334 alunos.

A professora Eurimar Marques disse que “isso tudo tem uma representatividade muito grande, pois essa escola mostra os valores e as raízes do nosso Estado. A reforma deu a esta escola mais espaço para as crianças interagirem, uma nova estrutura e uma nova roupagem”.

A estudante Dayane Kelly de Araújo Santos disse ter gostado de tudo o que viu. “Estou gostando muito. Agora dá até mais vontade de vir estudar. Sinto-me feliz, aqui é mais organizado. Adorei as salas novas”, afirmou.

Já sua colega Gisele Santos Mendonça, do 8º ano, disse que agora a área está mais ampla. “Na outra escola nós não tínhamos muito espaço, aqui nós temos uma área grande, poderemos fazer educação física. Gostei principalmente das salas, cabem muitos alunos”, declarou.

A mesma opinião foi compartilhada por Gabriel Araújo da Silva, do 7º ano. “Gostei bastante dessa reforma, está tudo bonito, achei muito legal. Acredito que agora nós vamos ter mais ânimo para assistir às aulas”, disse.

Reforma

Foram investidos R$ 558.491,29 na reforma da escola. O Governo de Sergipe promoveu a reforma da cobertura do prédio, com substituição de parte do madeiramento, telhamento e instalação de calhas e rufos.

Foi executado o revestimento cerâmico nas paredes da cozinha, despensa, refeitório, oito salas de aula, sala de informática, sanitários e área de circulação do térreo; foi instalado forro de madeira nas salas de aula do térreo, almoxarifado, depósitos, cantina, arquivos e áreas de circulação do 1º andar.

A escola recebeu piso de alta resistência na sala de informática e cantina; piso cerâmico na cozinha, refeitório, cantina, depósitos, áreas de circulação e sanitários; assoalho de madeira na administração e mármore nas escadas. O piso em assoalho das salas de aula foi inteiramente recuperado.

A Escola Manoel Luiz foi contemplada com a instalação de itens de acessibilidade como a construção de rampas e a reforma dos sanitários, adaptando-os para deficientes físicos. Foi efetuada a implantação de novas instalações hidráulicas, sanitárias, elétricas, de gás e proteção contra incêndio em todo o imóvel.

Houve ainda o reforço estrutural do muro; a recuperação estrutural das lajes da área de circulação e sanitários; a construção de laje nas salas de informática, cozinha e despensa. Por fim, todos os elementos artísticos de fachada e muretas foram restaurados, havendo também pintura geral do prédio e reforma das calçadas externas.

Histórico

Fundada no início do século XX, no governo de Graccho Cardoso, a Escola Manoel Luiz marcou a história da educação em Sergipe pela sua contribuição na formação de várias gerações e por ser expressão histórica do patrimônio arquitetônico sergipano.

A Escola Estadual Dr. Manoel Luiz atende a alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. Atualmente, dispõe de biblioteca, sala deinformática, sala de leitura, quadra coberta, sala de vídeo, refeitório, banheiro para deficientes físicos e sala de reforço.

Participaram ainda da solenidade: a secretária executiva da Seed, Marieta Barbosa; o reitor da UNIT, Jouberto Uchôa; a assessora governamental Eliane Aquino; o vice-governador Belivaldo Chagas; os deputados Luciano Pimentel, Padre Inaldo e Robson Viana; familiares da professora Neuzice Barreto; além de estudantes, servidores da escola e outras autoridades.

Fotos : Maria Odilia/Ascom

Por: Assessoria de Comunicação da SEED – ASCOM

Site: www.seed.se.gov.br

Twitter: http://www.twitter.com/seedsergipe

Facebook: http://www.facebook.com/SeedSergipe

Flickr: http://www.flickr.com/photos/seedsergipe

Telefone para contato: 3194-3331 ou 3194-3332

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: