Governador lamenta falecimento do poeta Araripe Coutinho

Araripe_divulgaçãoO governo do Estado lamenta a morte do poeta e escritor Araripe Coutinho na manhã desta terça-feira, 09. O governador Jackson Barreto prestou condolências à família e amigos. Araripe enfrentava problemas de saúde e sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Nascido no Rio de Janeiro, Araripe vivia em Aracaju desde 1979. Autor de 13 livros de poesia e articulista em vários jornais da capital, o poeta recebeu os títulos de Cidadania Aracajuana e Sergipana e é membro da Academia Sergipana de Letras. Foi diretor da Biblioteca Pública Municipal, apresentador de TV e escrevia para o Portal Infonet e Jornal da Cidade.

Aos 46 anos, Araripe deixa a poesia e a irreverência como marcas. Seu último livro, ‘Obra Poética Reunida’, foi publicado em 2010. “Araripe deixa uma lacuna na poesia sergipana. Ele era um artista sensível, alegre e intenso. Essas características estavam impressas nas suas obras”, disse o governador Jackson Barreto.

“Araripe Coutinho é uma figura importante para a cena literária do Estado, difundiu o fazer poético em Sergipe e cativou as pessoas também pelo seu bom humor e jeito espontâneo. É uma grande perda para a cultura sergipana”, afirmou a secretária de Estado de Cultura, Eloísa Galdino.

O corpo do poeta será velado na Osaf na Rua Itaporanga, 436, no Centro de Aracaju.

Fonte: ASN

Foto: divulgação

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: