Governo diz que obras emergenciais de adutora podem terminar até sexta-feira

valmor barbosa-belivaldo chagas-zezinho sobral-governo -defesa civil-deso.-CARLOS MELO-VALMOR BARBOISA -IMPRENSA1-VICTOR RIBEIRO As obras emergenciais para a construção de uma nova adutora começaram ainda na noite deste sábado, 09, e estão previstas para terminar até esta sexta-feira, 15. Com o fim dos trabalhos, 80% do abastecimento voltará a ser destinado a Grande Aracaju. Para que as principais ações de interligação dos novos dutos aconteçam, houve um bloqueio na tarde deste domingo, dia 10, do fluxo de veículos no trecho da BR 101 que compreende o trecho próximo ao desabamento, no povoado Pedra Branca, em Laranjeiras.

Todas essas informações foram discutidas em reunião realizada na manhã deste domingo, na sede da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Na ocasião, o vice-governador Belivaldo Chagas, os diretores-presidentes da Deso, Carlos Melo, e do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Antônio Vasconcelos, além dos secretários de Infraestrutura, Valmor Chagas, Comunicação, Sales Neto, Saúde, José Sobral, e o coordenador estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Mendes, debateram sobre as primeiras medidas que serão tomadas nos próximos dias para tentar minimizar as consequências do acidente com as adutoras.

BELIVALDO CHAGASDe acordo com Belivaldo Chagas, em menos de 24h o Governo se mobilizou para colocar em prática ações emergenciais. “A resposta rápida do Governo está dando certo, pois o fato aconteceu em pleno sábado e já temos máquinas e tubulação no local. Hoje mesmo vamos colocar os dutos na parte externa das cabeceiras da ponte de duplicação da BR 101, por onde ainda não circulam carros. Quanto mais rápido conseguirmos agir, menos dificuldades teremos para a população”, destacou o vice-governador.

Bloqueio e desvio de carros

O bloqueio da BR 101 está programado para ocorrer das 14h às 18h. A orientação é que o desvio aconteça da seguinte forma: os veículos leves que estiverem indo do Sul para o Norte vão ser desviados por Riachuelo, passarão por Divina Pastora, saindo por Siriri e voltando para a BR 101. Quem vem do Norte para o Sul, a Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv)  orienta que o condutor entre em Japaratuba, passe por Pirambu e saia em Aracaju para retornar a BR 101. Veículos de tráfego pesado deverão permanecer na rodovia federal aguardando o fim do bloqueio. Para colaborar nesta ação, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PM) foram convocados.

CARLOS MELI-DESO -PRESIDENTE DA DESO-CALOS MELO-ASCOM DA DESO- IMPRENSA1-VICTOR RIBEIRO-ASNDe acordo com o diretor-presidente da Deso, a interdição da BR 101 acontece apenas neste domingo. “As obras continuarão ao longo da noite e da semana, mas não vão interferir no tráfego de veículos”, informou.

O Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) e o Exército já foram mobilizados também para atuar, e a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen) está colaborando. De acordo com Belivaldo Chagas, o Governo do Estado está se mobilizando com todos os seus órgãos. “Se houver necessidade de mobilizar maquinário e pessoal do Exército, que está trabalhando naquela região, eles já se colocaram a disposição também. Todos estão à postos e com boa vontade para que a gente diminua o sofrimento no decorrer dessa semana”, afirmou.

Carros pipa e prestação de serviços

Uma operação com carros pipa está sendo planejada para atender, primeira e emergencialmente, a hospitais, postos de saúde municipais e estaduais e estrutura judiciária. Posteriormente, os veículos serão destinados para a população de localidades mais prejudicadas pela falta de água.

Com relação ao funcionamento de escolas da rede pública, a princípio não será necessário suspender as aulas. As informações da Defesa Civil dão conta que, como as unidades de ensino não funcionaram neste sábado e domingo, existe água para abastecer as estruturas neste início de semana.

Segundo o vice-governador, já está sendo convocada para esta segunda-feira, 11, às 9h, uma reunião com os representantes dos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro. “Temos que ter um plano emergencial para agir a partir de segunda e terça-feira, no máximo. Se tiver necessidade de paralisar aulas, vamos ter que decretar a suspensão”, complementou.

Situação de emergência

De acordo com a Defesa Civil, o Estado decretará situação de emergência. Isso ocorrerá com o objetivo de viabilizar as ações emergenciais e também proporcionar a captação de recursos federais para a realização das obras provisórias e definitivas de recuperação das adutoras.

O Estado pede a colaboração da população para que continue economizando água e destaca que todo o Governo está preocupado, atento e atuando com a expectativa de que no decorrer desta semana o plano emergencial seja cumprido e, posteriormente, a obra definitiva seja realizada.

Causas

As causas da queda da ponte e do rompimento da adultora ainda são desconhecidas. Durante reunião realizada hoje ficou definido que será criada uma comissão para analisar o fato. “A ponte é do Governo Federal e as tubulações passavam lá há bastante tempo. O Governo do Estado, juntamente com o Federal, vai montar uma estrutura para apurar o ocorrido e o porquê da ruptura da estrutura. Acho que, neste momento, temos que concentrar esforços para achar uma solução emergencial para 1 milhão de pessoas da Grande Aracaju”, relatou Carlos Melo.

Segundo o coordenador estadual da Defesa Civil, é prematuro fazer avaliações neste momento sobre causa do desabamento. “Existem várias possibilidades que serão levantadas com estudos de especialistas junto com a comissão. Algumas verificações devem ser feitas em outras pontes que realizam serviço para a Deso. Este é um serviço continuado, e como exemplo temos o caso da ponte do Parque dos Cajueiros, na qual o Governo do Estado fez manutenção. Há uma preocupação com relação a isso e o serviço de acompanhamento das estruturas é permanente e necessário para que a gente não seja surpreendido com acontecimentos desse tipo”, afirmou Mendes.

Visita do governador

O governador Jackson Barreto acompanha o fato das adutoras desde o início. Neste domingo, ele retorna da III Reunião dos Governadores do Nordeste, em Natal, e, logo em seguida, se desloca para o trecho onde estão sendo realizadas as obras de construção da adutora emergencial.

“Desde o primeiro momento o governador Jackson Barreto externou a preocupação dele com esse acontecimento. Então já no sábado a tarde começamos a contatar os diversos órgãos do Governo para verificar in loco a situação e tomar as medidas necessárias. A prova é que ontem a noite já havia pessoal trabalhando, dutos sendo colocados no local para que a gente realize a obra emergencial no menor espaço de tempo possível”, ressaltou o vice-governador, Belivaldo Chagas.

Por:http://agencia.se.gov.br/noticias/governo/obras

Fotos: Victor Ribeiro/ Secom do Governo

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: