Governo do Estado discute cronograma de execução do Pró-Rodovias

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), discutiu, nesta quarta-feira (16), trâmites legais para execução do Programa de reestruturação das rodovias sergipanas, o Pró-Rodovias.  A reunião contou com a participação de representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE).

“Essa reunião é muito importante, pois tratamos da parte legal de execução, documentações, cronograma de execução, aumento e substituição de metas, enfim, tudo que envolve a parte legal, financeira e de execução do programa, ajustando sempre todos os pontos para que a execução aconteça da melhor forma possível”, explicou o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto.

Na última sexta-feira (11), o Governo do Estado assinou contrato com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$200 milhões, para reconstrução de cerca de 300 quilômetros de rodovias em Sergipe, por meio do Pró-Rodovias. Aproximadamente 15 trechos de rodovias serão contempladas pelo Programa. Dentre elas estão a João Bebe Água; Simão Dias/Pinhão; Pinhão/BR-235; Aquidabã/Graccho Cardoso; Tobias Barreto/Riachão do Dantas; Riachão do Dantas/Lagarto; Riachão do Dantas/Pedrinhas; BR-101 ao entroncamento das praias do Sul sergipano (Caueira e Saco); Umbaúba/Itabaianinha; Monte Alegre/Porto da Folha. Além da implantação da rodovia que liga a BR-101 ao povoado Rita Cacete, em São Cristóvão.

Durante a reunião desta quarta-feira, a superintendente Executiva da Sefaz, Ana Cristina de Carvalho Prado Dias, dialogou sobre o cronograma e a execução financeira do Programa, bem como o coordenador de Gerência Executiva e Negocial de Governo de Aracaju, Durcival Santana. Segundo a CEF, a primeira parte do recurso vai ser liberada em até 90 dias, de acordo com o planejamento encaminhado pelo Governo do Estado à Caixa Econômica Federal.

O diretor-presidente do DER, Carlos Alberto Araújo, ressaltou a importância da reunião. “Nós pudemos esclarecer o que é possível ser feito dentro do cronograma financeiro e executivo para, quem sabe, conseguirmos aumentar metas já estabelecidas. É um Programa importante, tanto para o Governo do Estado, como para população e estamos trabalhando para que seja executado de forma célere e com qualidade”, relatou.

Foto: Marcos Rodrigues

Fonte: ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: