Gualberto renova pedido de aprovação do projeto de empréstimo do Proinveste

Francisco-Gualberto--1O deputado Francisco Gualberto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, falou durante mais de uma hora na tribuna sobre o projeto de lei do Executivo que pede autorização para receber empréstimo de R$ 727 milhões do Proinveste, programa do governo federal.O petista voltou a fazer vários apelos aos oposicionistas para que não inviabilizem o projeto que vem sendo discutido há mais de um mês na AL. “Existem duas formas de inviabilizar o projeto. Ou reprovando na votação em plenário ou aprovando fora de tempo, pois o resultado será o mesmo.

Anula a possibilidade de o Estado receber os recursos”, frisou o deputado, lembrando que o prazo para início da tramitação do pleito junto aos órgãos financiadores, BNDES e Caixa Econômica, se esgota dentro dos próximos oito dias.

Francisco-Gualberto--2De forma didática, Gualberto detalhou mais uma vez os destinos programados para o dinheiro do empréstimo, citando uma a uma, as principais obras estruturantes e sociais a serem executadas em Sergipe através do Proinveste.

Entre as obras, o deputado destacou a construção do Hospital do Câncer, desfazendo boatos propagados pela oposição ao governador Marcelo Déda. “Quero dizer ao senador Eduardo Amorim que existe sim o projeto do Hospital do Câncer e na próxima quarta-feira estarei mostrando em detalhes aqui na Assembleia. Lamento que ele não tenha utilizado a verdade quando afirmou na imprensa que o hospital sequer tem projeto. Isso não é verdade. Se fosse, as emendas dele de nada serviriam”, argumentou o líder.

Apesar disso, Francisco Gualberto agradeceu ao senador pelas emendas, mas pediu que ele mude de pensamento em relação ao desenvolvimento de Sergipe.

“Não faça a política da terra arrasada para depois se apresentar como candidato a governador. Isso não mostra grandeza política. Querer prejudicar Sergipe agora demonstra muito desespero para tentar chegar ao governo em 2014”, avisou.

O deputado também apelou ao deputado Antônio dos Santos e à presidente Angélica Guimarães, ambos do PSC, para que garantam celeridade no processo de votação do projeto na Comissão de Finanças e no plenário.

“Acredito que o parlamento terá bom senso em relação a este pedido de empréstimo. Até porque trata-se de um projeto de Estado, e não de governo”, afirmou.

Durante todo o pronunciamento, Gualberto fez questão de enfatizar que nunca houve uma reprovação de projeto semelhante na Casa. Como também nunca houve um pedido de empréstimo com tanto detalhamento.

“Na época do governo de João Alves, mesmo eu sendo da oposição, nunca votei contrário a um projeto desses. Agíamos em nome do desenvolvimento de Sergipe. E é esse o espírito que esperamos que se apresente atualmente”, disse o deputado.

Por: Gilson Sousa, da assessoria parlamentar

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: