Heleno Silva diz que ex-prefeito deixou divida de mais de 8 milhões com INSS

heleno2504A cidade de Canindé de São Francisco passa por problemas junto ao INSS – instituto nacional de seguridade social. Tudo isto porque o ex-prefeito Orlando Porto deixou de recolher a contribuição patronal devida pela administração ao órgão de saúde. Segundo o secretário de finanças José Santos de Andrade este problema deixou o município inadimplente junto aos órgãos governamentais.

O CRP (Certificado de Regularidade Previdenciária) é uma exigência para recebimento de recursos públicos, como transferências voluntárias, dinheiro por meio de emendas parlamentares, e é exigido para a celebração de acordos, contratos e convênios entre o município e os governos estadual e federal.

Para o secretário “faltou gestão” dos recursos na administração anterior, que deixou uma dívida de R$ 5.381 milhões. Sendo que falta serem arrecadados os juros e as multas pelo atraso. Ele informou que houve um parcelamento feito pela antiga gestão, mas que por não ter honrado o pagamento, a divida aumentou consideravelmente, podendo ultrapassar os R$ 8 milhões só com o INSS.

Na semana passada o prefeito Heleno Silva autorizou o pagamento da quantia de R$ 643 mil da divida. Buscando sanar o problema para que Canindé não fique sem receber as transferências legais ou voluntárias a que tem direito, exemplo disto é o repasse para o término do hospital que está em construção.

Secom/Canindé-SE.

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: