Homem é preso suspeito de manter cachorro sob maus-tratos em Lagarto

39
Foto: SSP-SE

Policiais civis da 1ª Divisão da Delegacia Regional de Lagarto e da Delegacia-Geral efetuaram, no início da tarde dessa terça-feira, 01, a prisão em flagrante de João Aldo dos Santos, pelo crime de maus-tratos a um cachorro. O fato ocorreu no povoado Colônia Treze, em Lagarto.

De acordo com as investigações, João Aldo mantinha sob sua guarda um cachorro, de raça indefinida, sem lhe fornece água e comida, deixando-o exposto à ação do sol, chuva e umidade.

Ainda no procedimento do flagrante, uma tia do suspeito foi ouvida e ratificou as informações, acrescentando que havia agressões ao animal sempre que o investigado estava alcoolizado.

O crime é tipificado com pena cujo preceito secundário inviabiliza a concessão de fiança em sede policial, razão pela qual o suspeito encontra-se preso, à disposição da justiça. O animal foi entregue a dois agentes de polícia lotados em Lagarto, os quais se voluntariaram a tratá-lo e cuidá-lo, numa atitude elogiável e inspiradora.

A Polícia Civil orienta que informações sobre maus-tratos a animais, localização de suspeitos e cometimentos de quaisquer delitos podem ser, sigilosamente, encaminhadas por meio da ferramenta Disque-Denúncia, no telefone 181.

Ascom: SSP-SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: