Homem que levou tiro na boca da arma de um policial recebe alta médica

O homem que levou um tiro na parte de atrás da cabeça e que atingiu a sua boca, já está em casa. Depois de passar 51 dias internado no Hospital de Urgência de Sergipe “Governador João Alves Filho” em Aracaju, no dia 30 de março ele recebeu alta médica.

O jovem, Carlos André Souza de Jesus, de 31 anos, foi baleado no início da noite do dia 07 de Fevereiro deste ano, limpava algumas mesas do seu bar, localizado no Povoado Rio Fundo do Abaís, no município sergipano de Itaporanga D`Ajuda.

FOTO|: A VÍTIMA CARLOS ANDRÉ, COM A FAMILIA NA PRAIA

De acordo com as informações preliminares, um soldado da Polícia Militar de Sergipe (PM/SE) tinha chegado ao bar e se deparado com jovens empinando moto, e que uma delas quase passava por cima de seu pé. Foi quando o policial se aproximou do grupo e fez uma revista rápida nos jovens e detectou que não estavam armados e pediu para eles pararem de levantar suas motos naquele local.

Ao dar as costas, policial contou que outro grupo apareceu e realizou os mesmos atos do grupo anterior , empinaram motos “GRAU”, como é conhecida essa prática. Ao pedir para esse outro grupo parar, houve uma discussão e soldado precisou efetuar carca três disparos para o alto, onde um deles veio atingir a nuca de Carlos André, chegando a sair pela sua boca.

O militar acredita que ao levantar a sua pistola para o alto, possivelmente no intervalo do percurso ela veio a disparar em direção ao dono do bar, que caiu agonizando.

De acordo com a versão do PM, ele precisou sair do local sem prestar socorro temeroso de ser pego pelos rapazes que tentaram tomar a sua arma e de ser linchado pela família da vítima do tiro.

O amigo de Carlos André o levou as presas para o Hospital de Urgência de Sergipe em Aracaju, onde passou por intervenções cirúrgicas e depois de 51 dias internado, recebeu alta.

Já policial, se arrependeu do ocorrido e ao visitar Carlos, doou um quantia em dinheiro e se colocou a disposição no que for preciso. ”Eu recebi a ajuda dele, estou melhorando aos poucos e já perdoei essa pessoa que acho que ele, o policial não atirou porque quis. Deusa sabe de tudo, por mim eu perdoou”, disse Carlos André.

O processo segue, a qualquer momento, outras informações.

Vale ressaltar que a TV ATALAIA CANAL 8, AFILIADA A RECORDTV ,realizou nessa terça-feira, dia 05, uma entrevista exclusiva com o policial através do repórter Marcos Couto do Programa Tolerância Zero, apresentado pelo jornalista Claudio Luis.

A  TV ATALAIA  CANAL 8  TRAZ  COM EXCLUSIVIDADE  TODA  MATÉRIA

Por: Portal Imprensa1

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...