Homem que matou bebê de sete meses é preso no interior de Sergipe

bebe-assassinado--maurinhoUma investigação do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia Regional de Propriá prendeu na última sexta-feira, dia 08, em cumprimento a um mandado de prisão, Lucimário dos Santos, 26 anos, conhecido como “Maurinho”.

Ele e um comparsa, que está foragido, é suspeito de matar um bebê de sete meses no dia 16 de março deste ano no Loteamento Jardim Mariano, no conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro.

Segundo a polícia, Maurinho e o comparsa identificado como Ítalo Maciel Máximo dos Santos, 27 anos, invadiram a residência de um desafeto de pré-nome Cleomadson com a intenção de matá-lo. Cleomadson estava com o bebê no colo ao lado do pai da criança em frente a residência quando a dupla chegou disparando.

maurinho-1Os dois entraram na casa quando ouviram os disparos e o pai do bebê acabou deixando a criança na fuga. “Eles efetuaram vários disparos na porta da casa e vendo que não conseguiriam matar Cleomadson resolveram matar a criança. Testemunhas contam que eles se irritaram com o choro do menino e aproximaram o revólver na boca do bebê e dispararam um tiro a queima roupa”, disse.

Motivação

Segundo o delegado Hilton Duarte, que executou a prisão do acusado, Maurinho atribuía a Cleomadson a culpa por ele ter sido condenado na Justiça. “Ele matou o irmão de Cleomadson e ele julga que o depoimento do desafeto foi decisivo para sua condenação, então resolveu se vingar a qualquer custo”, contou Hilton.

O crime deixou a sociedade sergipana perplexa com a brutalidade do homicídio. Toda investigação foi comandada pela delegada Juliana Alcoforado, que apurou que Maurinho responde a outros três homicídios.

“Ele tem dois mandados de prisão em aberto por Aracaju e Propriá por crime de homicídio. Ficou oito anos preso no sistema prisional e voltou a ser preso por minha equipe em 2011 novamente por homicídio. Acredito que apenas em Propriá ele cometeu pelo menos três homicídios, sendo que dois ele confessa e um está sendo apurado”.

De acordo com as investigações, após o brutal assassinato o acusado fugiu da Grande Aracaju e foi morar em Propriá, onde tem parentes no município. “Passamos a monitorá-lo até que conseguimos prendê-lo na última sexta-feira transitando em uma motocicleta pela cidade”, destacou.

Maurinho foi indiciado por homicídio duplamente qualificado e continuará preso à disposição da Justiça. “Quem tiver informações sobre o paradeiro de Ítalo pode passar informações para o Disque Denúncia 181 da Polícia Civil. A ligação é gratuita e anônima”, destacou Hilton.

Por: Imprensa1.com.br

Fonte e foto: SSP/SE  e   Infonet.com.br

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: