Homem que promoveu briga de galo e desrespeitou decreto é levado para delegacia

Uma rinha de galo na zona rural do município sergipano de Boquim foi denunciada por populares e a polícia militar com apoio da polícia civil e vigilância sanitária, conseguiu fechar o local e levar o responsável para a delegacia, por provocar aglomeração durante a pandemia de Covid-19 e de promover um crime ambiental.

A rinha de galo funcionava no Povoado Olhos D’água, onde as equipes policiais flagraram dezenas de pessoas aglomeradas em volta de uma arena, enquanto as aves brigavam, na manhã da última sexta-feira, dia 26 de junho.

O organizador irá responder por crime ambiental referente a maus-tratos contra animais, além de ser responsabilizado pelo descumprimento das regras previstas nos decretos estadual e municipal em vigor, que trata sobre ações de prevenção e combate à Covid-19.

Readaptação: www.imprensa1.com e SSP

Fonte: SSP/SE

 

 

 

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: