Hospital de São Cristóvão deve entrar em funcionamento no mês que vem

 

saúdeA Rede Hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) em Sergipe deverá contar com o funcionamento de mais uma unidade em abril. As obras internas do novo prédio do Hospital Nosso Senhor dos Passos, localizado no município de São Cristóvão, estão concluídas e a as melhorias da área externa iniciam na primeira semana de abril, com previsão de entrega de 90 dias.

Faltam apenas a conclusão da pavimentação externa e estacionamento, o muro do terreno e iluminação externa. Desde o 2º semestre do ano passado, a gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES) retomou a obra e os trabalhos. Desde então, as obras seguiram em ritmo acelerado.

Segundo o diretor de Planejamento da SES, Evandro Galdino, os serviços do hospital, que estão funcionando provisoriamente em imóveis alugados, serão transferidos a partir de agora para dar início aos trabalhos na unidade até o final de abril. O investimento total na obra física foi de R$ 4.569.104,74, com recursos próprios da SES.

 

“Mesmo com o andamento das obras na parte externa, o hospital já deve começar a funcionar, pois são serviços que não inviabilizam o atendimento na unidade”, comentou Evandro Galdino.

Estrutura 

Após a conclusão da reforma, a estrutura do novo Hospital Nosso Senhor dos Passos terá capacidade para duas salas de cirurgia com 13 leitos de recuperação pós-anestésicos, além de uma sala cirúrgica de parto normal com dois leitos pré-parto e quatro pós-parto, e três leitos de apoio ao recém-nascido. Na ala da enfermaria, serão 22 leitos adultos, 10 infantis e um leito de isolamento, enquanto o setor de emergência terá um leito de estabilização e dois de observação.  

Para o diretor geral do Hospital de São Cristovão, Marcos Guilherme de Souza Gouveia, a obra traz uma nova estrutura para que unidade seja uma peça importante no fortalecimento da rede hospitalar estadual.

 

“Teremos uma estrutura inédita aqui no município. Além de atender à população de São Cristovão, essa nova unidade servirá às cidades vizinhas e dará retaguarda ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Esse suporte ajudará a desafogar a principal unidade hospitalar de Sergipe”, conclui.

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: