Inaugurado CAPS Álcool e Drogas

capsOs Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) têm como objetivo oferecer atendimento à população, realizar o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários.  

Na manhã desta quinta, 21, o primeiro CAPS Álcool e Drogas 24 horas da capital foi inaugurado. Com localização e estrutura excelentes, o CAPS AD III Primavera possui dois dormitórios, com capacidade para oito pessoas por noite, além de farmácia, enfermaria, salas de atendimento individual e em grupo, copa, espaço para lazer e profissionais preparados para qualquer ocorrência.

 

Sempre preocupado com o bem estar e segurança dos cidadãos aracajuanos, o prefeito João Alves Filho ressaltou o compromisso no combate às drogas. “Esta inauguração é algo fundamental para nossa capital. A questão do álcool e das drogas é a contaminação do século, pois estes vêm dizimando os jovens e crianças aos poucos, então, é preciso que nós, enquanto administração, auxiliemos a população no combate a essa mazela”. O prefeito lembrou também da atenção com a família, base da sociedade. “Temos que ter cuidado, carinho e zelo com essas pessoas, mas é preciso lembrar de suas casas, seus pais e familiares. As drogas atingem não só o usuário, mas, a sua família e consequentemente a sociedade. Nossa obrigação é combater isso!”

 

De acordo com Karina Ferreira Cunha, coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde, o centro funcionará 24 horas, pois a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) entendeu a importância do acolhimento noturno dos usuários em situação de risco, oferecendo serviços de modo prolongado. “Esses dependentes precisam de assistência integral e, aqui, poderão encontrar pessoas preparadas para o cuidado. Adultos, acima de 18 anos encabeçam a lista de usuários de crack e álcool. O CAPS AD atenderá toda a capital e Grande Aracaju”, explicou. “As famílias do usuário também serão acolhidas e, trabalharemos junto a elas a melhor forma de tratar da problemática deste cidadão”, acrescentou.

 

Segundo Everton Tavares, representante dos usuários de Saúde Mental, a criação dessa unidade é um grande avanço para a Saúde Mental. “As famílias precisam ter esse suporte de acolhimento, essa nova conquista trará benefícios a todos os envolvidos, direta e indiretamente. Anteriormente, os pernoites que existiam não ofereciam suporte necessário e esses usuários sofriam mais ainda. Esperamos que esse novo CAPS traga uma solução no tocante ao acolhimento para, assim, as famílias terem conforto”, disse.  E completou afirmando que essas pessoas precisam de um cuidado especial. “Esses usuários precisam de atenção para ter de volta a sua dignidade e cidadania, e creio que a instalação desse novo estabelecimento, poderá ocasionar isso. Esperamos que o grande estigma de periculosidade associada aos dependentes seja desmistificado”.

 

Para Goretti Reis, secretária municipal de Saúde, a inauguração foi motivo de alegria. “Para nós da Secretaria Municipal de Saúde é uma alegria muito grande poder entregar à população um local que servirá como ferramenta de mudança de diversas pessoas e famílias. Mas, é bom lembrar que o mais importante é prevenir, antes de qualquer coisa”. 

 

Foto: Sílvio Rocha

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: