Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Itabaiana registra queda de 27,5% nos homicídios em 2021

Cidade foi a terceira que mais reduziu homicídios em Sergipe

Foto: SSP/SE

O município de Itabaiana já foi conhecido como um dos mais violentos de Sergipe. Mas esse cenário tem sido modificado pela atuação integrada entre as polícias Civil e Militar no combate à criminalidade na cidade serrana. Em 2021, Itabaiana registrou uma diminuição de 27,5% no número de homicídios em relação a 2020. Foram 51 crimes em 2020 contra 37, em 2021.

O delegado regional de Itabaiana, Tarcísio Tenório, destacou que as ações e operações de segurança pública desenvolvidas durante todo o ano passado foram fundamentais para a diminuição dos homicídios em Itabaiana. “Essa redução se deve ao trabalho efetivo das nossas equipes e a integração entre todas as divisões que compõem a Delegacia Regional de Itabaiana e a integração com a Polícia Militar”, salientou.

O comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), tenente-coronel Sidney Barbosa, mencionou que Itabaiana foi a terceira cidade com a maior diminuição de homicídios em Sergipe em 2021. “A redução é fruto do planejamento determinado pelo comando da Polícia Militar e que também nos trouxe o recompletamento de efetivo e a renovação de frota, além do uso da tecnologia e da inteligência policial”, destacou.

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, ressaltou que Itabaiana vem passando por constantes melhorias na segurança pública. “Tínhamos uma cidade que era conhecida pela violência. Mas, fomos lá e assumimos o compromisso de diminuir os índices de criminalidade no município. Nossas forças de segurança pública estão atuando e vão continuar no enfrentamento à violência em Itabaiana”, concluiu.

Por: SSP/SE

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...