Jackson propõe que Estados Unidos e China invistam em Sergipe

Cônsul_Jackson_Marcos_Rodrigues_ASNNovos investimentos para Sergipe. Este foi o objetivo principal das reuniões que o governador Jackson Barreto realizou na manhã desta quinta-feira, 4, com os cônsules gerais dos Estados Unidos da América para o Nordeste, Richard Reiter, e da China para o Nordeste, Wang Xian, em audiências individuais no Palácio dos Despachos. As visitas dos representantes no Nordeste das duas maiores potências econômicas mundiais refletem o momento privilegiado por qual passa Sergipe, que constantemente vem se destacando no cenário do desenvolvimento econômico e social nacional, chamando atenção, também, de outros países que começam a ver no estado um destino sólido e promissor para se conhecer e investir.

O governador informou que o principal objetivo das visitas foi estreitar as relações de amizade, cooperação e comerciais entre Sergipe e as duas grandes potências.

“Ao recebermos as visitas destas duas grandes potências, observamos a importância do nosso estado, o quanto ele tem chamado atenção e despertado o interesse de investidores, de empresários, não apenas do Brasil, mas também do mundo. Eles se mostraram encantados com Aracaju, com a organização da cidade, com a forma de trabalhar do Estado e obtiveram as informações sobre este círculo virtuoso que Sergipe vivencia, com a chegada de novos empreendimentos e novas indústrias. Se por um lado estamos vivenciando momentos de muitas dificuldades no governo, mostramos também que o Estado oferece perspectiva para o seu futuro, pois a visita de dois representantes significa o interesse de trazer investimentos para o nosso estado. Estamos aqui para ajudar, orientar e fortalecer nossa relação com esses países, não apenas do ponto de vista da diplomacia, mas principalmente do comércio, e convidá-los a fazer investimentos aqui em Sergipe. O Estado está aberto a apoiá-los, afinal de contas, trazer empresas dos Estados Unidos ou da China para Sergipe é gerar empregos para nossa gente e trazer desenvolvimento e melhorar a qualidade de vida do povo sergipano”.

Com a assessoria do secretário da Casa Civil. José Sobral, Jackson enumerou os fatores que tem levado investidores nacionais e estrangeiros a optarem por Sergipe para fazerem negócios ou instalar novas empresas. Para o governador, os indicadores sociais e as taxas de geração de emprego, que estão entre os melhores do Nordeste, favorecem a escolha por Sergipe. Juntam-se a isso, a diversidade de recursos naturais, tais como água, petróleo, calcário e potássio, este evidenciado pelo Projeto Carnalita; o posicionamento geográfico privilegiado do estado, localizado entre dois grandes mercados consumidores – Bahia e Pernambuco; infraestrutura que atende as necessidades da região, a exemplo dos investimentos feitos em novas rodovias e o potencial do porto sergipano com expectativa de ser ampliado; diversificação de fontes de energias, uma vez que o estado conta com fontes tradicionais (petróleo, gás natural, hídrica) e alternativas como a energia eólica e da biomassa.

“Além disso, investimos em educação e qualificação, seja através de ações em parceria com o governo federal para qualificar a mão de obra local, seja investido em escolas profissionalizantes, que estamos implantando em regiões estratégicas, considerando a vocação de cada território e a demanda do mercado local. Somos um estado parceiro e acolhedor. Procuramos agilizar os trâmites legais para a instalação de novas empresas. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento tem todo um cuidado de assessorar os novos investidores, agilizar a parte burocrática, acompanhar o processo de instalação desses empreendimentos que irão gerar mais emprego para nossa gente”, disse Jackson.

O secretário adjunto da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Carlos Augusto Franco, acrescentou que a dedicação nas relações com os investidores e a eficiências de órgãos coma a Junta Comercial de Sergipe e a seriedade do Sistema Judiciário no estado, contam na hora da escolha de Sergipe como destino de investimentos.

“É muito importante a visita destes dois cônsules, que por coincidência ocorreu neste mesmo dia. A China e os Estados Unidos são os dois maiores parceiros comerciais de Sergipe. São dois países cujas empresas costumam fazer grandes investimentos em todo o mundo, a ideia é que, a partir desse contato, a gente possa apresentar e mostrar mais o estado de Sergipe para estas empresas e países e como consequência atrair investimentos e gerar mais empregos em Sergipe”, explicou Carlos Augusto Franco.

Imagem positiva

Os representantes dos Estados Unidos e da China se mostraram encantados com as belezas, potencialidades e organização de Sergipe e pelo tratamento dado aos investidores estrangeiros.

“Eu quis conhecer o governador, parabenizá-lo pela vitória nas eleições, entender qual a visão do Governo para os próximos quatro anos e saber como podemos colaborar. Foi uma conversa muito franca, aberta e iremos continuar neste diálogo. O americano quando pensa em Brasil, visualiza logo o Rio, São Paulo, mas Sergipe e o Nordeste têm crescido muito, e podemos colaborar. Os americanos são, principalmente, comerciantes e estamos abertos ao comércio bilateral. Vamos estudar o que podemos fazer pelo estado”, relatou o cônsul geral dos Estados Unidos para o Nordeste, Richard Reiter.

Esta foi a primeira visita de Richard Reiter a Sergipe, que acompanhado de uma equipe de cinco integrantes do consulado, está no estado desde a quarta-feira, 3. Na noite desta quarta-feira, o cônsul, após cumprir a agenda oficial, visitou a orla da Atalaia, na capital, e conheceu a Passarela do Caranguejo, onde aproveitou para provar a popular iguaria sergipana, o caranguejo.

“Bom demais. Eu não sabia essa história, do que representava o caranguejo em Sergipe, mas achei fantástico e quero voltar muito e explorar mais os restaurantes aqui. As pessoas aqui são muito abertas e simpáticas, estou adorando. Temos que voltar sempre a Sergipe”, afirmou Reiter.

O cônsul da China para o Nordeste, Wang Xian, também enalteceu a visita a Sergipe e recepção do Estado. “É muito importante esta visita, para conhecermos a situação geográfica, comercial e mostrarmos nosso respeito por Sergipe. Temos interesse em todas as áreas no estado, comercial, industrial, humana, pois o conhecimento mútuo entre os povos é muito importante. Queremos ser grandes parceiros. Estamos aqui apenas há um dia, mas é uma cidade muito bonita, tranquila, organizada. É a mais bonita cidade que visitei no Nordeste”, destacou Wang Xian.

Fonte: ASN

Foto: Marcos Rodrigues/ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: