Jovem que matou parente com arma branca em Pinhão é preso graças ao Dipol

Uma investigação de pouco mais de um mês levou a Polícia Civil a elucidar e prender um suspeito de praticar um latrocínio na cidade de Pinhão. Em 13 de julho, Osvaldo Pereira da Conceição foi encontrado morto em sua casa no Povoado Beija-Flor, apresentando ferimentos provocados por diversos golpes de arma branca e o seu aparelho celular havia sido subtraído. A Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) teve participação importante na investigação.

As investigações começaram de imediato e conseguiram identificar um possível suspeito: Maurício Santos Conceição. Parente da vítima, ele era assíduo frequentador da casa do senhor Osvaldo. Após diligências, foram obtidas provas robustas que Maurício era de fato o autor do delito.

Diante dessa situação, a Polícia Civil de Pinhão representou no sentido da decretação de prisão preventiva de Maurício. Deferida, o mandado foi cumprido nesta sexta-feira, dia 21. A prisão ocorreu na própria cidade de Pinhão.

Segundo o delegado Alexandre Felipe, Maurício foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da justiça. O aparelho celular foi recuperado com uma terceira pessoa, que tinha recebido de Maurício semanas depois do crime.

Maurício, no ano de 2017, foi autor de outra barbaridade, dessa vez em Pedra Mole, de onde é natural. O fato ocorreu na zona rural, no Povoado Tapado, onde residia. Ele entrou na residência de sua vizinha, uma idosa, com o propósito de roubá-la, na ocasião lhe desferiu dois golpes de faca, porém, felizmente, não conseguiu consumar o delito e acabou preso em flagrante.

Por esse delito, Maurício foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão e cumpria a pena em regime aberto desde dezembro de 2019.

Medida protetiva – Em outra ação da equipe da Polícia Civil na região, foi preso nesta sexta-feira (21), em cumprimento a mandado de prisão, Antônio Pereira da Silva, 38 anos. Ele é natural de coronel João Sá, na Bahia. A prisao ocorreu na cidade de Carira.

Havia uma medida protetiva de urgência contra Antônio e ele a descumpriu. Em razão disso, a Justiça decretou a sua prisão preventiva. Antônio foi encaminhado ao sistema prisional onde está à disposição da justiça

Fonte: https://www.ssp.se.gov.br/Noticias/Detalhes?idNoticia=16464

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: