Juiz determina prisão de ex-jogador Edmundo por acidente em 1995

edmundo_ae_paulo_giandalia_11052011A Justiça do Rio de Janeiro rejeitou a alegação de prescrição e determinou a expedição de mandado de prisão contra o ex-jogador de futebol e comentarista esportivo

Edmundo Alves de Souza Neto, conhecido como “Animal”. A decisão coube ao juiz Carlos Eduardo Carvalho de Figueiredo e foi divulgada nesta terça-feira, 14.

Edmundo foi condenado em março de 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por três homicídios culposos e lesões corporais culposas em outras três pessoas. O acidente aconteceu na Lagoa, Zona Sul do Rio, na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995.

No acidente morreram Joana Maria Martins Couto, que estava no carro de Edmundo, uma Grand Cherokee, e Carlos Frederico Britis Tinoco e Alessandra Cristini Pericier Perrota, que estavam no carro, um Fiat Uno, que colidiu com o do ex-jogador. E ficaram feridas Roberta Rodrigues de Barros Campos, Débora Ferreira da Silva e Natascha Marinho Ketzer.

A sentença que condenou o ex-jogador foi proferida pela 17ª Vara Criminal da Capital. Ele recorreu, mas a 6.ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio manteve a decisão no dia 5 de outubro de 1999. Segundo o juiz Carlos Eduardo de Figueiredo, ainda não ocorreu o lapso temporal exigido pela lei.

Fonte: Marcela Gonsalves – Estadão.com.br

Foto: Paulo Giandalia/AE – 11/05/2011

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...