“Líder não se nomeia por decreto”, declara Jackson durante entrevista na TV Atalaia

Jackson_TV_Atalaia_Marcelle_Cristinne-ASNUma administração mais ágil, resolutiva e cada vez mais conectada com as demandas apresentadas pela população sergipana. Essa foi, em síntese, a perspectiva apresentada pelo governador Jackson Barreto para o seu próximo mandato, em entrevista concedida no início da tarde desta segunda-feira, 13, no Jornal do Estado 1ª edição, da TV Atalaia.

Entrevistado pela jornalista Amália Roeder, o governador falou sobre os aspectos que nortearão a formação do seu novo secretariado e ainda sobre a manutenção dos investimentos do Governo do Estado e medidas na Saúde, Educação e Segurança Pública, dentre outras áreas, além de enaltecer a sua gratidão ao povo sergipano pelo novo mandato confiado.

“Quero agradecer ao povo sergipano pela confiança e pela esperança depositada em nosso trabalho”, declarou o governador Jackson Barreto ao falar sobre o início de seu novo governo, após ser reeleito. “Cada um tem um estilo próprio de governar. Marcelo Déda tinha um estilo muito pessoal e imprimia isso na administração. Eu tenho uma forma diferenciada, sem, contudo, me afastar dos princípios e objetivos que nortearam esse projeto. Vamos eleger prioridades e executar nossas ações estratégicas na saúde, na educação e na segurança, dentre outras áreas, para atender à demanda e necessidades da nossa população”, detalhou.

Dificuldades Financeiras

Diante das limitações orçamentárias que se apresentam para Sergipe, bem como para os demais estados brasileiros, o governador afirmou que vai buscar ‘enxugar’ a máquina administrativa, otimizar o funcionamento de diversos órgãos e secretarias, bem como buscar ampliar as parcerias produtivas com o Governo Federal.

“Temos que manter e ampliar nossa capacidade de investimento, que depende hoje, majoritariamente, de recursos do Governo Federal. Espero que consigamos manter as parcerias exitosas e fazer mudanças na estrutura da administração, enxugando um pouco mais e, ao mesmo tempo, mudando algumas peças do xadrez”, contextualizou.

Fonte: ASN

Foto: Marcelle Cristinne/ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: